Durante reunião do Comitê Municipal de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, na tarde desta quinta-feira, 7, foram apresentados os números de casos de Dengue de 2023. Até o momento, o município registrou redução de 72% de positivados, sendo 141 confirmados neste ano e 508 em 2022. Também foi traçado o planejamento de ações para 2024.

Conforme o coordenador da Vigilância Sanitária e Ambiental, Gabriel Alves, a redução do número de casos está ligada às ações realizadas durante todo o ano, como a intensificação das vistorias nas residências, aplicação de larvicida biológico (BTI) em locais com maior número de infestação e a realização de mutirão de recolhimento de materiais.

A partir da próxima segunda-feira, 11, até a sexta-feira, 15, a equipe da limpeza urbana estará recolhendo os materiais que acumulam água no bairro Brands. Os itens devem ser colocados no cordão das calçadas. Já os galhos e os móveis precisam estar separados. O mutirão vai percorrer as áreas entre as ruas Arthur Borgmann, Senador Pinheiro Machado, Paul Harris e Ex-pracinha Agapito.

Os maiores números de casos de Dengue estão concentrados nos bairros Centro e Cidade Alta. Nestes lugares há incidência de acúmulo de água nos motores das piscinas; água armazenada de forma inadequada e cultivo de bromélias. Para isso, Alves cita que ao armazenar a água da chuva, é necessário fazer o tratamento, através da aplicação de cloro ou água sanitária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui