Vibrante em quadra, o União Corinthians não deu chances para o Brasília e voltou a vencer pelo Novo Basquete Brasil (NBB) 2023/2024. O confronto, que contou com a presença de 820 torcedores, terminou em 73×59 (23×8;19×7;15×20;16×14). O próximo compromisso é na quarta-feira, 14, fora de casa. A equipe santa-cruzense, que está dentro da zona dos playoffs, vai até o interior de São Paulo encarar o São José. O duelo começa às 19h30.

Rasa, Pedro Nunes, Duane, Enzo e Malachias iniciaram o jogo. JJ com 18 pontos foi o maior pontuador do União Corinthians. Destaque também para o duplo-duplo do capitão Enzo Ruiz, que anotou 16 pontos e 10 rebotes. Pelo Brasília o melhor foi Paulo Lourenço, com 18 pontos.

O União Corinthians começou mostrando outra postura em quadra em comparação ao confronto contra o Cerrado. Brigando por cada bola, a equipe santa-cruzense era mais disposta e depois de uns minutos de equilíbrio, logo assumiu a frente do placar. Uma enterrada de Duane quando faltavam 4’45 empolgou a torcida. Na parte final do quarto, o Brasília até esboçou uma reação, mas parou no melhor aproveitamento de rebotes defensivos do UniCo, que fechou e 23×18.

No segundo quarto, o bom trabalho defensivo seguiu, assim como a intensidade em quadra. O Brasília acertou a marcação e trouxe dificuldades. Porém, o União Corinthians conseguiu superar a defesa adversária para ampliar a vantagem nos primeiros minutos. O Brasília pediu tempo, mas o UniCo seguia dominando as duas áreas e empolgando o torcedor, em uma das melhores atuações até aqui na temporada, fechando na saída para o intervalo em 42×25.

Os primeiros minutos do terceiro quarto foram de equilíbrio. O Brasília voltou a apertar a marcação e apostava no jogo dentro do garrafão. Já o União Corinthians dava a resposta dominando novamente os rebotes. Quando passou a apostar na bola de três, os visitantes encostaram no placar, obrigando Rodrigo Silva a pedir tempo quando a vantagem do UniCo caiu pra nove pontos. A partir daí, a equipe de Santa Cruz melhorou na marcação e com uma bola de três de JJ no estourar do cronômetro aumentou a margem na frente: 57×45.

As duas equipes iniciaram o último período apostando nos norte-americanos. Se Duane e Kendall aproveitavam as chances para o UniCo, Cooper era quem liderava o Brasília. Mas no embalo do torcedor, o União Corinthians foi inteligente, soube administrar a partida até o fim, encerrando na frente e sob aplausos do torcedor: 73×59.

Crédito: Vinicius Molz Schubert / Basquete U. Corinthians

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui