O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que vai pagar até R$ 40 de alimentação para cada um dos mesários ou colaboradores que forem convocados para as eleições municipais de 2020. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira e assinada pelo diretor-geral do TSE, Rui Moreira de Oliveira.

De acordo com o texto, é proibido o pagamento do valor para magistrados e promotores de Justiça Eleitoral, bem como aos servidores em efetivo exercício no Tribunal Eleitoral.

Além disso, os Tribunais Regionais Eleitorais são autorizados a darem dinheiro para que os colaboradores se alimentem. As eleições municipais estão marcadas para os dias 15 e 29 de novembro deste ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui