O Centro Estadual de Vigilância Sanitária do Rio Grande do Sul confirmou, nesta terça-feira, a transmissão comunitária da variante P.1 da Covid-19. Foram identificados 21 casos de pessoas residentes em Porto Alegre com a nova variante.

Em 13 dos 21 casos não foi possível estabelecer contato com pessoas que tenham viajado para localidades específicas –caracterizando a transmissão comunitária. A informação foi divulgada em um alerta epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde.

Conforme a Diretoria de Vigilância em Saúde, a detecção foi realizada na pesquisa em parceria com o Hospital de Clínicas que busca descrever o perfil genômico do coronavírus.

Em 5 casos, a investigação preliminar identificou relação com pessoas vindas de locais com circulação de P.1. Os demais três casos seguem em investigação quanto à fonte de infecção. Os dados da pesquisa também relatam outros 4 exames com sequenciamento genômicos para P.1. que permanecem em investigação.

A cepa P.1 ainda é alvo de estudos, mas aponta para uma maior taxa de transmissão. Há também pesquisas preliminares que indcam maior resistência a vacinas e, ainda, diminuição da resposta imunológica adquiria por quem já contraiu a Covid-19 e se recuperou, podendo levar a reinfecções.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui