Foto Ilustrativa

Subiu para 30 o número de mortes por dengue no Rio Grande do Sul em 2022, de acordo com a plataforma de monitoramento de arboviroses da SES (Secretaria Estadual de Saúde). Este ano, o Estado já tem contabilizadas 24.897 infecções pela doença, das quais 20.416 são autóctones – adquiridas dentro do território gaúcho.

O número de mortes por dengue nos cinco primeiros meses de 2022 é expressivamente maior do que o verificado em 2021, pois no ano passado, de janeiro a dezembro, foram 11 óbitos pela doença.

Dentre os municípios, Igrejinha é aquele que tem mais mortes no RS neste ano (cinco). Em seguida aparecem Novo Hamburgo e Horizontina, com três óbitos cada. Em Porto Alegre, uma pessoa morreu pela dengue.

A maior parte das pessoas que morreu tinha 70 anos ou mais (21). Outras nove que faleceram estavam com idade entre 10 e 59 anos. O público feminino corresponde a 57% dos óbitos (17), enquanto o masculino diz respeito a 43% (12).

O Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, tem em média menos de 1 centímetro de tamanho, é de cor escura e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui