Foto: Divulgação

Prefeitura de Venâncio Aires e Emater/Ascar lançaram na tarde desta sexta-feira, 27, mais uma edição do projeto Bergamoteando, que pretende levar a propriedades rurais do interior do município, moradores e visitantes interessados em curtir o hábito de “lagartear” ao sol comendo bergamotas. Durante coquetel para autoridades e imprensa, seis produtores anunciaram as atrações de suas propriedades nos meses de junho e julho. Um concurso fotográfico municipal também foi lançado com o objetivo de incentivar a visitação dos atrativos turísticos e o registro de imagens dos locais.

De acordo com a extensionista da Emater e coordenadora do projeto junto aos produtores, Viviane Röhrs, o Bergamoteando, além de incentivar o turismo rural, é uma forma de fomentar a produção dos cítricos nas propriedades e gerar renda ao meio rural. O presidente do Conselho de Turismo, Rui Schwinn, destacou o projeto e o trabalho de cada agricultor na recepção aos seus visitantes. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Nelsoir Battisti, o projeto é uma forma de resgatar memórias de infância e proporcionar experiências diferenciadas junto ao meio rural.

O prefeito de Venâncio Aires, Jarbas da Rosa, elogiou o trabalho dos empreendedores e falou sobre a necessidade de união para o desenvolvimento do turismo local. “Além de investimentos em infraestrutura, divulgar as belezas naturais do nosso município e a riqueza que mora na simplicidade também são fundamentais para atrair visitantes”, destacou.

Os empreendedores participantes desta edição: Figueira Centenária; Jardim das Suculentas; Chácara do Mel; Chácara Coutinho; Panificados Ledi Maggioni e Márcia Baierle também tiveram a oportunidade de falar dos seus empreendimentos e convidar os visitantes através da imprensa.

CONCURSO FOTOGRÁFICO – Na oportunidade, o Departamento de Comunicação e Marketing da Prefeitura lançou mais uma edição do Concurso Fotográfico Municipal, com tema “Bergamoteando pelo interior”. Até o dia 23 de julho poderão ser inscritas fotografias dos locais onde acontece o projeto, pelo WhatsApp (51) 9910-9500. No mesmo WhatsApp é possível receber o regulamento do concurso. A premiação está dividida nas categorias profissional e amador. Para a categoria profissional, serão R$ 2.000,00 divididos entre os três primeiros colocados (R$ 1.000,00; R$600,00 e R$400,00). Os amadores receberão um passeio turístico com café colonial no interior e cesta de produtos da agroindústria familiar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui