Foto: Divulgação

A Delegacia de Polícia de Encruzilhada do Sul investigou um plano de ataque a uma escola municipal. O Delegado Róbinson Palominio, Titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Santa Cruz, informou que o primeiro depoimento foi o de uma vice-diretora, a qual disse que um adolescente do grupo havia lhe dito sobre o plano.

A investigação identificou diversas provas da composição do grupo, bem como do plano criminoso. A polícia informou que apreendeu o aparelho telefônico de cada envolvido e acessou seu conteúdo, momento em que obteve provas de todo plano criminoso.

O grupo era formado por três adolescentes e um adulto de 19 anos. Primeiramente, eles praticavam pequenos furtos a estabelecimentos comerciais. O adulto indicava quais seriam as vítimas e quem furtaria. Um dos menores assumiu ter praticado cinco furtos.

Porém, em determinado momento, o adulto disse que o plano era vender os bens furtados, usar o dinheiro para comprar uma arma e usá-la para matar três professoras e uma aluna. Nesse momento, dois adolescentes pediram para sair do grupo, porém o adulto não autorizou e os ameaçou caso realmente saíssem. O outro adolescente, disse ter permanecido no grupo porque pensou que se tratasse de uma brincadeira, porém, ao ver que realmente era um plano verídico, também pediu para sair do grupo e também foi ameaçado.

Para verificar se realmente se tratava de uma brincadeira maldosa ou se era um plano homicida, o delegado perguntou a cada adolescente sobre isso, tendo todos dito que o plano do adulto era verdadeiro, pois ele falava disso a todo tempo.

Diante de todas provas colhidas, o Delegado Róbinson Palomínio solicitou a prisão preventiva do adulto pelos delitos de: organização criminosa, corrupção de menores e furto qualificado.

O pedido foi acompanhado de parecer positivo do Ministério Público e foi deferido pela juíza plantonista.

Na manhã desta terça-feira, 16 , o mandado foi cumprido, o adulto foi preso na sua casa e encaminhado ao presídio.

A Polícia Civil destaca que a elucidação do plano só foi possível graças à procura de uma das vítimas à polícia. Por isso, o delegado Róbinson Palomínio afirma que a delegacia está sempre de portas abertas para receber notícias de crimes, mesmo que de forma anônima.

Denuncie estes e outros crimes pelo:
Email: encruzilhada-dp@pc.rs.gov.br
Telefone: 51-3733-1042

 

  

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui