Foto: Jacson Miguel Stülp

A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul realizou uma sessão especial para a entrega do título de Cidadão Santa-cruzense ao pastor da Igreja Batista Pioneira, Jair Hein. A proposta foi do vereador Raul Fritsch (Republicanos). Também foi homenageado o casal Carlos Alberto e Ana Beatriz Eberto, pelo trabalho social desenvolvido na igreja.

Jair Hein nasceu em Giruá (RS), no dia 2 de dezembro 1973, sendo filho de Leão e Ivoni Hein. É casado com Eliane Dörner Hein, tendo os filhos Karla Evelyn Mink e Samuel Cristian Hein. Ele se formou no Ensino fundamental nas escolas Estadual de Ensino Fundamental Francisco Sales Guimarães, Vila 8 de Agosto, em Giruá (RS); Escola Estadual de Ensino Médio Carlos Kaklik, Salgado Filho, em Giruá; Escola Estadual São Francisco Xavier, Porto Xavier (RS); Ensino Médio na Escola Estadual João XXIII, em Giruá; Faculdade Batista Pioneira de Ijuí, onde se formou pastor; e capacitação em Aconselhamento, no Seminário Batista do Espírito Santo, em Vitória (ES), em 2002.

Após a sua formação foi pastor em Santa Maria de Jetibá (ES), atendendo oito comunidades, entre 1998 a 2004; retornou ao Rio Grande do Sul, assumindo a Igreja Batista de Candeia, em Santa Rosa (RS); e em 2008, assumiu a Igreja Batista Pioneira de Santa Cruz do Sul até os dias atuais.

Histórico

Com o assassinato do pai, aos sete anos  a vida  do pastor Jair teve grandes transformações, sendo caracterizado de vulnerabilidade e superações, mas a mãe, Dona Ivoni foi aguerrida, lutou e criou seus três filhos. Isso mais tarde resultou na vocação para pastorear sua igreja. Veio, então, o curso teológico e o desejo de servir pessoas e de levá-las a mesma experiência de cuidado e amor que teve com o Senhor Jesus Cristo.

Santa Cruz do Sul foi a cidade que mais marcou o Pastor Jair Hein pelo jeito do povo, pelo desenvolvimento e qualidade de vida. “A cidade contribuiu muito para a construção de uma visão mais abrangente e uma capacitação ministerial maior”, citou. Ele destacou foi onde criou seus dois filhos e receberam excelente formação e influência. “Foi aqui que pude exercer e desenvolver o meu melhor ministério. E neste espírito de gratidão e vocação, quero contribuir com a construção e o bom desenvolvimento social e espiritual deste povo que tanto me abençoa e oportuniza”.

A origem das igrejas Batista Pioneira ocorreu em Linha Formosa, então Santa Cruz do Sul. Em 2010, foram comemorados os 100 anos dos Batistas Pioneiros, no Clube Aliançaem Santa Cruz do Sul. Essa origem coloca Santa Cruz do Sul no centro histórico dos Batistas Pioneiros, que compõe mais de 100 igrejas em cinco estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Espírito Santo.

A partir da importância da Comunidade Batista Pioneira de Santa Cruz do Sul, o pastor Jair se tornou presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, seção Pioneira, organização com mais de 120 pastores. Atualmente é o 1º vice-presidente da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil, com quase 10 mil membros e conselheiro da Convenção Batista Brasileira com 14 mil pastores, diversas instituições a nível nacional e internacional e 3 milhões de membros.

A igreja desenvolve trabalhos com ênfase social como: dependência química hà 15 anos com o Grupo de Apoio a Famílias de Dependentes Químicos (GAF) que tem reunião todas as 5ª feiras com as famílias e dependentes; encaminhamento para avaliação e desintoxicação via CAPS; internação por 6 a 9 meses na Clínica SOS Vida, Santo Ângelo, parceira da Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul há mais de 10 anos; Internação no CETRAT, Carazinho, RS (Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos).

Ainda são desenvolvidos o Projeto Social Novo Ser, Bairro Faxinal/Menino Deus, com 40 crianças dia e Projeto em ampliação e o Projeto BelverVida, Bairro Belvedere, atendendo famílias e crianças em vulnerabilidade.

Na área Ministerial e Relacional ocorre a dinâmica ministerial de relacionamentos interpessoais na comunidade de fé; os ministérios específicos com programações e atividades para todas as faixas etárias, bem como grupos caseiros de crescimento e apoio espiritual. Ainda está prevista a ampliação do Templo para um espaço de 700 lugares.

Ainda são atendidas famílias em outros municípios, como em Linha Formosa, Vale do Sol, onde a igreja iniciou; no bairro Faxinal/Menino Deus; em Boqueirão do Leão, Candelária, Vera Cruz e Capão da Canoa.

Foto: Jacson Miguel Stülp

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui