Foto: Prefeitura de Santa Cruz do Sul

Com base na resolução normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), nº 901 de 8 de dezembro de 2020, a RGE está promovendo a revisão cadastral das unidades consumidoras que recebem benefício tarifário rural. O prazo para essa atualização encerra na próxima terça-feira, dia 30 de novembro.

Para não perder o benefício, é necessário que os agricultores atualizem seus dados cadastrais. Assim, a RGE está solicitando a apresentação de documentação comprovando que o endereço do Bloco de Produtor Rural coincida com aquele incluso na conta de energia elétrica. A certidão que comprova esse requisito está sendo requerida junto à Secretaria Municipal de Planejamento e Orçamento. Em razão disso, a Pasta tem registrado, desde a última semana, grandes filas de clientes rurais da RGE.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento, Elstor Desbessel, declarou que está muito preocupado com essa situação. “Estamos atendendo entre 200 e 250 pessoas diariamente. A Secretaria de Planejamento está praticamente trabalhando somente nessa demanda. O que mais me preocupa é que para fornecer essa certidão precisamos realizar uma pesquisa no sistema e o documento só é emitido no dia seguinte”, disse Desbessell.

O vice-prefeito e secretário disse que outro temor é com relação ao prazo final estipulado pela RGE que é 30 de novembro. “O consumidor que vier solicitar a certidão no dia 30, só receberá o documento no dia seguinte. E aí, como fica a sua situação?”, questiona.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui