Foto: Tenente Pablo Gomes/CMS

Uma comitiva do Ministério da Defesa, liderada pelo ministro Walter Souza Braga Netto, chegou às 12h40min desta terça-feira, 21, na Base Aérea de Canoas para uma visita ao Comando Militar do Sul (CMS). No desembarque, Braga Netto, que permanecerá no Rio Grande do Sul até quinta-feira, 23, foi recepcionado pelo comandante da 6ª Divisão de Exército, general de divisão Rolemberg Ferreira da Cunha, e por autoridades da Força Aérea e da Marinha do Brasil.

O ministro veio ao Estado para acompanhar e prestigiar as ações prioritárias da pasta da Defesa e das Forças Armadas no Estado. Nesta quarta-feira, em Porto Alegre, o ministro Braga Netto visitará a empresa AEL Sistemas que, juntamente com outras 12 companhias gaúchas, integra a Base Industrial da Defesa (BID).

O fortalecimento da indústria nacional de Defesa é um dos objetivos estratégicos do Ministério da Defesa e um importante vetor para o desenvolvimento da economia brasileira. O setor representa cerca de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) e gera 290 mil empregos diretos e 850 mil indiretos no país. Em agosto deste ano, as exportações brasileiras de material de Defesa atingiram novo recorde (1,3 bilhão de dólares). A previsão é que atinjam a cifra de 2 bilhões de dólares até o fim de 2021.

Braga Netto também acompanhará as obras de duplicação do trecho de 50 quilômetros da BR 116 entre Guaíba e Tapes (lotes 1 e 2), executadas por militares do Exército Brasileiro em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Desde 2019, já foram entregues à população do Rio Grande do Sul 25 quilômetros de estrada duplicada neste trecho. A expectativa é concluir os serviços até 2022.

Em sua visita ao Rio Grande do Sul, o ministro Braga Netto participará, ainda, de solenidades militares em Porto Alegre, nesta quarta-feira, e Santa Maria, nesta quinta-feira. Na guarnição militar de Santa Maria, o ministro e sua comitiva assistirão à demonstração de tiro de diversas armas, tais como o blindado Leopard 1 A5, a viatura Guarani e a VBO 155 A5.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui