Com a chegada da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), foram necessárias adaptações no nosso dia a dia. Estamos vivenciando o novo normal e hoje não foi diferente. Na manhã deste domingo, 13, aconteceu a 19ª Romaria da Santa Cruz. Porém, desta vez não houve a tradicional peregrinação, mas a devoção marcou essa manhã nublada no município.

Presidida por Dom Aloísio Dilli, bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul, a missa foi realizada no altar da Romaria junto ao Seminário São João Batista. Com a presença de poucas pessoas, devido ao distanciamento social, a celebração foi transmitida pela Rádio Santa Cruz e pelas redes sociais da Pastoral da Comunicação da Catedral São João Batista (Pascom). Além disso, a Comarca de Santa Cruz do Sul, foi responsável pelos cânticos.

Para manter a tradição de fé e solidariedade, o que marca a Romaria, os fiéis foram convidados a fazer a Romaria nas comunidades, caminhando até a capela para um momento de oração junto ao sacrário e ofertando um quilo de alimento ou material de higiene para os irmãos mais pobres da paróquia ou diocese.

 

Temática

A Romaria retomará a invocação do Espírito Santo, feita pelo Bispo, no momento em que unge a fonte do crismando: recebe, por este sinal, o Espírito Santo, o dom de Deus.

Também trata presente a oração de imposição das mãos, quando pede: Deus todo-poderoso, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, pela água e pelo Espírito Santo, fizestes renascer estes vossos servos e servas, libertando-os do pecado, enviai-lhes, Senhor, o Espírito Paráclito; dai-lhes, Senhor, o espírito de sabedoria e inteligência, o espírito de conselho e fortaleza, o espírito de ciência e piedade e enchei-os do espírito do vosso temor.

Músicos da Comarca de Santa Cruz do Sul, responsável pelos cânticos.

Por Monique Rodrigues e Sabrina Heming
Fotos: Monique Rodrigues

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui