Foto: Reprodução

Um dia após a chegada dos 32 brasileiros e palestinos ao Brasil, o Itamaraty já começa a planejar a tentativa de repatriação de um segundo grupo, de cerca de 40 pessoas. Estão neste grupo brasileiros e alguns de seus parentes palestinos. Os primeiros contatos com autoridades dos locais de conflito vão buscar informações se será possível aceitar novos pedidos de repatriação.

A equipe diplomática também começou a planejar os próximos passos para “orientar bem” as embaixadas envolvidas nas negociações. Segundo fontes do governo, primeiro é preciso saber se haverá aceite de novos pedidos; em seguida, começa a confirmação da lista e então, o documento pode seguir para as autoridades.

Integrantes do Itamaraty relataram que, uma nova repatriação de brasileiros e familiares na Faixa de Gaza não será fácil, nem rápida. Fontes diplomáticas ainda dizem que, dos 7 mil estrangeiros em Gaza, apenas metade deixou a área de conflito nas últimas duas semanas.

Ao recepcionar, em Brasília, o primeiro grupo da Faixa de Gaza na segunda-feira, 13, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se comprometeu a buscar autorização para retirar o segundo grupo do local.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui