Foto: Banco de Imagens ICL

O Instituto Crescer Legal divulga edital para abertura de processo seletivo de educador social no município de Vera Cruz (RS) e cadastro reserva para a região do Vale do Rio Pardo. O profissional executará as atividades do Programa de Aprendizagem Profissional Rural junto a adolescentes do meio rural, em curso focado à Gestão Rural e Empreendedorismo. O curso inicia em 2024, mas a contratação será imediata. Entre os requisitos para a vaga estão:

– Ensino Superior em Licenciaturas, Serviço Social, Psicologia ou outras com afinidade; ou Superior ou Técnico na área agrícola;

– Experiência de trabalho com adolescentes;

– Ter algum tipo de vivência no meio rural;

– CNH categoria B;

– Residir em Vera Cruz ou município vizinho, tendo disponibilidade para deslocar-se diariamente para o local do curso em 2024 (Linha Henrique D’Ávila);

– Disponibilidade para viagens.

Interessados devem enviar currículo para educadorsocial@crescerlegal.com.br até o dia 12 de novembro. Além do currículo, os candidatos devem enviar carta pessoal dirigida à comissão de seleção, por meio da qual demostre e justifique seu interesse em ser educador social.

O educador social tem como principal atribuição ministrar oficinas diárias no Curso de Gestão Rural e Empreendedorismo com conteúdo variado, de acordo com o Projeto Pedagógico Projeto Pedagógico do Programa de Aprendizagem Profissional Rural aprovado, conduzindo o desenvolvimento dos eixos curriculares e adequando-os à realidade dos adolescentes. Também deve elaborar o planejamento das oficinas correspondentes e operacionalizar a proposta do currículo, trabalhar em equipe e participar das ações de formação, qualificação e orientação propostas, à distância e presenciais, inclusive na sede do Instituto em Santa Cruz do Sul (RS).

ACESSE O EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 

SOBRE O INSTITUTO – Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal já é reconhecido nacional e internacionalmente pela inovação e pioneirismo em oferecer oportunidades para os jovens rurais. O Programa de Aprendizagem Profissional Rural aplica a Lei de Aprendizagem em favor dos jovens do campo. Com a validação do Ministério do Trabalho, já beneficiou 741 jovens rurais do Rio Grande do Sul desde 2016. Atualmente envolve 159 adolescentes gaúchos e catarinenses que são contratados como jovens aprendizes pelas associadas do Instituto Crescer Legal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui