O Grêmio até lutou na noite deste sábado. Fez uma partida boa na marcação, mas ainda assim insuficiente para evitar a derrota. Perdeu por 1 a 0 para o Red Bull Bragantino, fora de casa, e segue em situação dramática no Brasileirão. Com o resultado, o Tricolor segue afundado na zona de rebaixamento, na vice-lanterna, com apenas uma vitória e sete pontos conquistados em 12 jogos.

O único gol da partida foi marcado no segundo tempo. Praxedes arriscou de longe e definiu vitória do Red Bull Bragantino. Agora, o Tricolor volta mais uma vez as atenções para a Copa do Brasil. Enfrenta o Vitória, na terça, às 19h, na Arena, pelo jogo de volta, podendo perder por até dois gols para ir às quartas de final. Na próxima segunda-feira, 9 de agosto, às 20h, recebe a Chapecoense, na Arena, em jogo válido pela 15ª rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo equilibrado

O técnico Luiz Felipe Scolari mandou a campo uma equipe com o melhor que teve à disposição, com a classificação encaminhada na Copa do Brasil e diante dos vários desfalques que o Tricolor ainda tem. Na efesa, Geromel e Ruan compuseram a zaga, com Cortez na esquerda. Na volância, Darlan foi titular mais uma vez, ao lado de Lucas Silva. Na frente, Ricardinho segue no lugar do lesionado Diego Souza.

O Red Bull Bragantino, apesar de vir de uma sequência sem vitórias, começou mais agressivo e com mais presença ofensiva no campo do Tricolor. Com 10 minutos, a posse de bola era de 71% contra apenas 29% da equipe de Felipão.

Assim, a primeira finalização foi dos donos da casa. Edimar arriscou de fora da área, e ela passou à esquerda de Chapecó. O Tricolor só conseguiu responder em erro de saída de bola do goleiro Cleiton. A bola caiu nos pés de Ricardinho, e ele finalizou para fora, por cima do gol.

Apesar do ímpeto inicial, boa parte da partida foi burocrática. Tanto Grêmio quanto Bragantino marcaram bem, um ponto positivo da equipe de Felipão, mas nenhuma das duas equipes mostrou criatividade para fugir disso. Assim, sem muitas chances de gol, a partida foi ao intervalo em 0 a 0.

Praxedes marca e Grêmio é derrotado

Bem postado na marcação, o Grêmio voltou bem para o segundo tempo. E também conseguiu levar perigo ao Bragantino, assustando nas suas chegadas. Aos 11, Alisson escorou bola da esquerda para Jean Pyerre. Ele bateu colocado, buscando o ângulo, assustando o goleiro Cleiton.

Apesar de fazer uma partida estável na marcação, o Grêmio acabou castigado com o gol. Aos 16, Léo Ortiz avançou e abriu boa bola para Praxedes. Com espaço, ele arriscou de longe e foi muito feliz. Ela morreu no canto direito de Chapecó, sem chances para o goleiro, fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

Diante do resultado negativo, Felipão precisou trocar por atacado para tentar igualar o marcador. Fez três trocas, colocando em campo Pinares, Guilherme Guedes e Luiz Fernando nos lugares de Alisson, Bruno Cortez e Ricardinho.

No entanto, as mudanças foram insuficientes. O Tricolor acusou o golpe do gol e esteve mais perto de tomar o segundo do que conquistar a igualdade no marcador. Assim, viu a situação ficar ainda mais dramática no Brasileirão, mantendo-se na vice-lanterna e com apenas uma vitória em 12 partidas.

Campeonato Brasileiro – 14ª rodada

Red Bull Bragantino 1

Cleiton; Aderlan, Fabricio Bruno, Leo Ortiz e Edimar; Raul, Eric Ramires, Praxedes e Artur; Ytalo e Cuello. Técnico: Maldonado

Grêmio 0

Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Ruan e Cortez; Lucas Silva, Darlan, Jean Pyerre, Leo Pereira e Alisson; Ricardinho. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: Praxedes (16/2T)

Cartões amarelos: Pedro Geromel (Grêmio)

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Data e hora: 31/07, às 21h

Fonte: Correio do Povo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui