O Grêmio e o São Paulo chegaram a um acordo e acertaram a troca do centroavante Luciano pelo meia Everton. O novo reforço do Tricolor assinará um contrato até dezembro de 2022, mesmo período do vínculo do ex-atacante com o clube paulista. Segundo o repórter Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, os dois clubes seguirão com 50% dos direitos econômicos dos atletas.

A contratação de Everton atende um desejo antigo do técnico Renato Portaluppi, que havia tentado trazer o jogador, de 1,74 m e 72 kg, em 2018, quando ele acertou a transferência do Flamengo para o Tricolor paulista. “É um excelente jogador. É muito bom, principalmente, taticamente. (…) Todos sabem das características e do jogador que é o Everton. Todo treinador gostaria de ter um atleta como ele no grupo”, ressaltou o técnico recentemente.

Everton esteve em campo em oito dos 17 jogos do São Paulo na temporada e marcou um gol. Entretanto, ele iniciou em apenas duas oportunidades com o técnico Fernando Diniz. Dos 720 minutos possíveis, sem os acréscimos, Everton esteve nos gramados por 280 minutos.

Luciano trabalhou com Diniz no Fluminense e ele já havia pedido a contratação do atacante. No Grêmio, ele esteve em campo em 16 dos 21 jogos do Grêmio no ano e marcou três gols no Gauchão. O centroavante iniciou como titular em três oportunidades e ficou em campo 749 minutos dos 1.440 possíveis, sem os acréscimos. As estatísticas são do site O gol.

O anúncio oficial deve ocorrer nas próximas horas.

 

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui