Foto: Divulgação

A França entrou em uma quarta onda da Covid-19. Nas últimas 24 horas, o país registrou 18 mil novos casos da doença. As contaminações pela variante Delta já representam 40% das novas infecções, que dobram a cada semana no país. A situação mais crítica é na região da capital Paris.

O ministro da Saúde do país, Olivier Véran, disse nesta terça-feira, 20, no parlamento, que a meta de aplicar a primeira dose da vacina em 40 milhões de pessoas até o final de agosto deve ser antecipada. Agora, o objetivo pode ser cumprido até o fim de julho.

O governo também vai adotar medidas para conter o vírus, como a exigência de um passaporte de saúde em vários locais a partir do início do próximo mês. Outra ação também seria tornar a vacinação obrigatória aos profissionais de saúde.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui