Foto: Divulgação

Devido ao grande volume de chuvas registrado nos últimos dias e a previsão do tempo, o Dia de Campo sobre Fruticultura que aconteceria em Rio Pardo na próxima quinta-feira foi transferido para o dia 30 de junho, também uma quinta-feira. A atividade será realizada no Parque da Expoagro, a partir das 13h, e as inscrições seguem abertas para os interessados em participar pelo link  https://forms.office.com/r/LvxsMrPPMn.

É esperada a presença de agricultores, estudantes, técnicos e público em geral. O evento é promovido pela Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Embrapa, Afubra e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

No Dia de Campo serão apresentadas cinco estações temáticas sobre citricultura, viticultura, noz-pecã, implantação de pomares e benefícios das frutas para nutrição. O extensionista rural da Emater/RS-Ascar Vivairo Zago explica que os temas foram escolhidos considerando as características da região, o cultivo das frutas em propriedades e o potencial de comercialização.

Zago ainda destaca que na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Soledade, a fruticultura é uma atividade com grande potencial para as propriedades familiares. “É uma atividade que gera alta rentabilidade por hectare, mas exige planejamento. Pensando no agricultor familiar, existe um potencial muito grande para explorar as cadeias curtas, como feiras, mercados menores que podem comprar as frutas direto dos produtores. O produtor que começou a produzir, que gostou da atividade, pode pensar em comércios maiores como a Ceasa, uma distribuição para mercados maiores. Então, existe um enorme potencial para a fruticultura, não apenas com as espécies que estaremos trabalhando nesse dia, mas precisa ter um planejamento, uma vontade do agricultor e trabalhar tecnicamente que vai ser tornar uma atividade econômica viável dentro da propriedade familiar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui