Foto: Tatiana Schulz

A Secretaria Municipal da Saúde de Cruzeiro do Sul, está ampliando os grupos prioritários para vacinação contra Covid-19. Poderão se vacinar, pessoas acima de 60 anos que ainda não iniciaram a vacinação; pessoas com síndrome de down, independente da idade; gestantes e puérperas com comorbidades independente da idade; pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos (conforme lista de doenças) e pessoas com deficiência cadastradas no plano Beneficio de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Para a vacinação de comorbidade e pacientes BPC será necessário apresentação de atestado médico descrevendo qual a doença que o paciente se enquadra, pois uma cópia do atestado deve ficar na unidade de saúde. Todos devem fazer o agendamento junto ao posto de saúde de referência para a sua localidade, pois no frasco vem 10 doses que devem ser aplicadas em sequencia, para evitar desperdício. O posto do Centro, atende pelo telefone 3764 1309 e o ESF pelo 3764 2799.

Desde o início da campanha de vacinação, já foram aplicadas 2.792 vacinas na primeira dose e 1.171 na segunda dose. Porém, a CoronaVac, do Instituto Butantan, veio em doses insuficientes para dar continuidade ao processo de imunização das segundas doses da vacina. Aqueles que estiverem completando um mês da primeira dose, serão contatados para fazer o agendamento do reforço, assim que a vacina estiver disponível.

Campanha de vacinação contra a gripe atenderá segundo grupo a partir do dia 11

Segue a Campanha de Vacinação contra a Gripe, dividida em três etapas. Até segunda-feira, 10, serão atendidas crianças de seis meses até seis anos, gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde, que deverão apresentar a carteirinha profissional. O dia “D” foi realizado na quarta-feira, feriado de Tiradentes.

A partir de 11 de maio, serão vacinados os idosos com 60 anos ou mais e professores. Para estes, o dia D será 22 de maio, também das 8h às 16h no Centro e ESF. Já a última etapa, que ocorre de 09 de junho a 09 de julho imunizará pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, trabalhadores do transporte, profissionais da segurança e população privada de liberdade. A população deverá dirigir-se ao seu posto de referência, no Posto Central e ESF’s (Posto Antigo) para ser imunizada. É obrigatória a apresentação da carteirinha de vacinação e documentos. Além disso é importante observar o intervalo entre a vacina da COVID-19 e da gripe, que deve ser de 15 dias.

COMORBIDADES

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui