Foto: Divulgação

O vereador Rodrigo Rabuske (PTB) teve aprovado um requerimento de sua autoria para que o Legislativo encaminhe uma moção de repúdio ao Sindicato dos Comerciários de Santa Cruz do Sul pelo descaso e forma em que submeteu os funcionários do comércio a enfrentarem longas filas para, única e exclusivamente, expressarem sua oposição à cobrança da taxa sindical nos últimos dias.

Segundo Rabuske, embora tenha pleno conhecimento do Tema 935 do Supremo Tribunal Federal (STF), que entendeu constitucional a instituição de contribuições assistenciais e, da mesma forma, o disposto no Art. 36 da Convenção Coletiva – Nov. 2023, a atuação do Sindicato dos Comerciários definitivamente não respeita e ofende ao direito de oposição.

“Da forma como posicionou-se, a entidade trouxe uma infinidade de transtornos aos funcionários do comércio, os submetendo a imensas filas em ambiente externo ao Sindicato, em horários comercial, com ínfimo número de colaboradores para atendimento, não pré-disponibilizando os formulários necessários, mesmo que permitido pela Convenção. Além de tudo, o que consideramos mais grave, agiu com coação moral aos que registravam sua oposição à cobrança, conforme dezenas de relatos proferidos publicamente”, citou o vereador na Tribuna.

A moção de repúdio ao Sindicato dos Comerciários pelo fato de ter se negado a comentar a situação com os meios de comunicação, o que “evidencia a situação padecida por centenas de funcionários, que, já não bastasse todas as dificuldades enfrentadas, sofrem pelo desserviço da própria entidade representativa”, apontou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui