Foto: Joilson Marconne / CBF

Atual bicampeão olímpico, o Brasil começa nesta segunda-feira a disputa do quadrangular final do torneio Pré-Olímpico da Venezuela que dá duas vagas para a Olimpíada de Paris. Além do Paraguai, adversário das 17h (de Brasília), Venezuela e Argentina estão na briga. Sem contar com alguns nomes de destaque, principalmente no futebol europeu, como a dupla Rodrygo e Vinícius Júnior, do Real Madrid, a Seleção Brasileira fez uma primeira fase abaixo das expectativas. Apesar de ter vencido três dos quatro jogos − perdeu o último para os donos da casa por 3 a 1 − a equipe de Ramon Menezes não está nem perto de convencer.

“É um campeonato muito difícil. Sabíamos o que enfrentaríamos. Todos os jogos têm seu grau de dificuldade. Não tem mais surpresa alguma no futebol. Perder não é bom. Confio muito nesse grupo. Tanto que conseguimos nosso objetivo já na terceira rodada” diz Ramon.

Para a largada no quadrangular, novamente no estádio Brígido Iriarte, em Caravas, a esperança brasileira segue concentrada na dupla de ataque Endrick, do Palmeiras e Jonh Kennedy, do Fluminense. Maurício ganhou a posição ao longo da competição, mas ainda não repetiu as atuações pelo Inter.

No outro jogo da noite, às, 20h, a anfitriã Venezuela vai encarar a Argentina. A Conmebol ainda não divulgou os horários das duas próximas rodadas, mas o calendário é conhecido. Depois do Paraguai hoje, o Brasil pega a Venezuela na quinta-feira e decide tudo no domingo diante da Argentina.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui