Com 20 anos de carreira, Diego Souza, ex-jogador do Grêmio e com passagem por diversos clubes brasileiros anunciou sua aposentadoria como jogador de futebol. “Obrigado, futebol! Por ter mudado a minha vida, da minha família e por ter me proporcionado momentos únicos de alegria!”, postou o agora ex-atleta em suas redes sociais.

Versártil e habilidoso, Diego Souza foi revelado pelo Fluminense onde começou a jogar profissionalmente em 2003 na posição de volante. Dois anos depois foi vendido ao Benfica, de Portugal, mas não atuou pela equipe que o emprestou para o Flamengo. Retornou ao clube português em 2006 e logo depois foi novamente emprestado, desta vez para o Grêmio.

Em sua primeira passagem no Tricolor, em 2007, Souza iria de vez chamar atenção no cenário nacional. Pelo clube gaúcho ele conquistou o Gauchão daquele ano e foi vice-campeão da Libertadores da América.

Saiu no ano seguinte, quando foi contratado pelo Palmeiras. Sua volta para o Tricolor aconteceria em 12 anos depois em 2020. Antes disso, ainda rodou por Atlético Mineiro Vasco da Gama, Al-Ittihad, Cruzeiro, Metalist , Sport, Fluminense, São Paulo e Botafogo.

Quando retornou à Porto Alegre, o Grêmio já mandava os jogos da Arena e não mais no Olímpico, como na primeira passagem. E Diego, também, já não era mais volante, tinha virado centroavante. Em sua nova posição, desatou a fazer gols. É o artilheiro da nova morada gremista com 55 gols em 87 jogos.

Em sua nova passagem pelo Grêmio voltou a conquistar o Gauchão (2020, 21, 22 e 23 ) e venceu a Recopa Gaúcha por três vezes.

Após sair o Gremio, em junho de 2023, Diego Souza foi para o Sport , clube onde já havia jogado outros anos e ajudou o clube a subir para a Série A.

Correio do Povo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui