Foto: Junior Garcez

No dia 25 de junho de 1993, as Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul (Fisc) tornavam-se a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Até então, com início em 1964, já eram disponibilizados cursos como Ciências, Letras, Pedagogia, Estudos Sociais, Direito, Educação Física, Ciências Contábeis, Administração, entre outros. Os anos seguintes, após o título de universidade, em 1993, foram marcados por um acelerado desenvolvimento em todos os aspectos. Em 1997, todos os cursos já funcionavam no atual campus. A partir de então, muitos novos cursos foram criados, com significativo aumento do número de estudantes.

Na área da Educação Superior, a conquista do status de universidade permitiu à Instituição direcionar o desenvolvimento para novas áreas, como a da saúde, com a criação dos cursos de Psicologia, Enfermagem, Fisioterapia, Odontologia, Nutrição, Farmácia e Medicina. A área das engenharias teve também grande expansão, com os cursos de Engenharia Agrícola, Engenharia de Produção, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Química.

Em 1994, a Unisc implantou seu primeiro curso de Pós-Graduação Stricto Sensu, o Mestrado em Desenvolvimento Regional que, desde 2005, também oferece Doutorado. Hoje a Unisc também oferece Mestrado e Doutorado em Direito; Mestrado e Doutorado em Educação; Mestrado e Doutorado em Letras; Mestrado e Doutorado em Tecnologia Ambiental; Mestrado e Doutorado em Promoção da Saúde; Mestrado em Sistemas e Processos Industriais;  Mestrado Profissional em Administração; e Mestrado Profissional em Psicologia.

Atendendo às propostas de parceria de alguns municípios gaúchos, a Universidade estabeleceu campi fora de sede em Sobradinho, em 1998; em Capão da Canoa, em 2001; em Venâncio Aires, em 2004; e em Montenegro, no ano de 2011.

Hoje, 29 anos depois, a Unisc segue desenvolvendo um papel importante em todas as regiões em que atua. “Como somos comunitária, nossa existência tem significado quando busca interagir com a comunidade ao tentar resolver problemas que existem na comunidade. E, acima de tudo, ser protagonista fazendo educação de qualidade, pesquisas de relevância, uma extensão acolhedora e que trabalha fortemente na solução de problemas e, agora, inovação e empreendedorismo”, fala o reitor da Unisc, professor Rafael Frederico Henn.

Desafios para os próximos anos

O reitor salienta, ainda, que os desafios para os próximos quatro anos são imensos. “Temos redução no número de alunos na graduação presencial, crise econômica há alguns anos, crise política no país, redução de políticas públicas de financiamento estudantil, dificultando o acesso ao Ensino Superior. Ao mesmo tempo, estou otimista, pois acredito na potencialidade da Unisc. Temos um corpo docente qualificado, técnicos administrativos comprometidos e possibilidade de crescimento em outras áreas além do ensino da graduação”, enfatiza.

Como reitor, ele pretende incrementar novas possibilidades de ensino, desde cursos técnicos, cursos de pequena duração, cursos rápidos, graduação, mestrado e doutorado, buscando que a Unisc seja reconhecida em todas elas. “Estou confiante e convicto de que faremos um bom trabalho para nos mantermos como uma das melhores universidades do Estado e também do Brasil, sem perder a essência comunitária.”

Formar profissionais para uma sociedade melhor 

Seguindo o ideal comunitário, a vice-reitora Andreia Rosane de Moura Valim também enaltece que o objetivo maior da Unisc é formar profissionais para uma sociedade melhor. “É uma satisfação celebrar o momento, festejando desafios superados, conquistas alcançadas, numa caminhada que envolve muitas pessoas. Temos um corpo docente qualificado, técnicos administrativos competentes: é um conjunto de pessoas dedicadas que nos permite oferecer uma excelente formação. Assim, fazemos com que as pessoas que trabalham aqui, estudam aqui, tragam benefícios para a comunidade, além da formação de profissionais que é o nosso objetivo maior.”

Foto: Junior Garcez

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui