Foto: Francisco Frantz

Com todos os desafios e protocolos sanitários impostos pela pandemia da Covid-19, a Coordenação Executiva da 36ª Oktober – que iniciou dia 7 e segue até a terça-feira, dia 12, retornando de 15 a 17 de outubro, no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul – avalia de forma positiva os primeiros dias do evento. O público circulante, incluindo visitantes e trabalhadores, chegou a 20.654 pessoas em seis turnos (desde a noite de abertura, 7, até a tarde deste domingo, 10. Deste total, 14.893 pessoas foram visitantes e 5.761 credenciados, como expositores, prestadores de serviços (limpeza e segurança), músicos, bailarinos e imprensa.

Para a presidente da 36ª Oktober, Roberta Pereira, o público está dentro do esperado pela organização. “Sabemos que é um ano atípico, que é um evento diferente em virtude dos protocolos, mas muito importante como experiência para a retomada. A música, a dança e a cultura estão em evidência, proporcionando aos visitantes, mesmo com as restrições, momentos de lazer e descontração em família ou com amigos”, destaca. A maior dificuldade, segundo ela, tem sido relacionada ao consumo de bebidas e alimentos fora das mesas e a proibição da dança, em todos os ambientes (internos e externos). “Temos reforçado as orientações e cuidados junto aos visitantes, em todos os turnos e locais, visando proporcionar a melhor experiência dentro desta nova proposta”, explica a presidente.

Conforme Roberta, o movimento no parque deve ser intensificado nos próximos dias. No último sábado, 9, a Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp), parceira do Município de Santa Cruz do Sul na realização do evento, entregou, ao Executivo Municipal e a entidades assistenciais, culturais e esportivas, 13 mil ingressos gratuitos para distribuição. “Este repasse faz parte da contrapartida do Projeto Cultural da Oktoberfest via Lei de Incentivo à Cultura Federal, antiga Lei Rouanet”, destaca a presidente.

Com o tema Integrando Culturas, Saberes e Sabores, a 36ª Oktober tem o patrocínio é da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Excelsior, Geração Materiais para Móveis, Germani Alimentos, Imply, JTI, MOR, Philip Morris, Stock Med e Universal Leaf Tabacos. O evento conta com o financiamento do Pró-Cultura – Governo do Estado do Rio Grande do Sul e realização da Assemp, Município de Santa Cruz do Sul e Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Pátria Amada Brasil – Governo Federal.

Principais protocolos de prevenção à covid-19 durante a 36ª Oktober:
– Acesso ao evento somente pessoas já vacinadas (uma ou duas doses, conforme o plano vacinal);
– Termo de Compromisso por parte dos visitantes (cumprimento de protocolos e não comparecimento em caso de sintomas gripais e/ou contato com caso positivo de covid-19);
– Capacidade de público máximo em cada horário de 4.000 pessoas;
– Aferição de temperatura no Pórtico Principal;
– Uso obrigatório de máscaras por todos os visitantes, trabalhadores, prestadores de serviços e artistas;
– Dispensers com álcool em gel em diversos pontos do parque;
– Sala de Isolamento e Ambulatório;
– Disponibilização de testes rápidos para Covid-19 para trabalhadores, artistas e bailarinos que apresentem sintomas;
– Orientadores que atuarão em abordagem lúdico-educativa, fiscalizando o cumprimento dos protocolos;
– Rádio Parque: comunicação contínua das regras e protocolos com linguagem acessível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui