Foto: PRF/Divulgação

Ações de combate ao crime e de fiscalização de Trânsito marcaram a Operação Nossa Senhora Aparecida 2021, que iniciou na sexta-feira, 08, e seguiu até a terça-feira, 12. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul (PRF/RS) foi registrado forte aumento do fluxo de veículos nas rodovias federais, em especial durante a tarde e a noite de terça-feira.

Com a fiscalização de trânsito focada nas condutas que geram maior risco de letalidade, os policiais  combateram à violência no trânsito com atividades de repressão à embriaguez ao volante, por exemplo. Foram autuados e retirados de circulação 67 motoristas alcoolizados ou que se recusaram a realizar o teste com o bafômetro. Por crimes de trânsito, foram presos 17 condutores.

Além disso, foram intensificadas as ações ostensivas de combate ao crime para promover segurança aos usuários da rodovia.

Em abordagens orientadas por inteligência, veículos suspeitos de serem utilizados por criminosos foram interceptados e fiscalizados. Entre eles, nove veículos que haviam sido roubados ou furtados foram recuperados. E 73 criminosos foram presos, registrando o maior número em comparação com as prisões dos demais Estados do País, durante os dias do feriadão.

Em 2020, a PRF registrou seis mortes nas rodovias federais do Rio Grande do Sul durante o feriadão de Nossa Senhora Aparecida. Em comparação a este ano, houve uma redução de 50% no número de vítimas fatais nas estradas.

O número de feridos em acidentes também reduziu no comparativo. Em 2020 foram 82 contra 54 neste ano.

Fiscalização no RS em números:

– Pessoas fiscalizadas: 3.915;
– Veículos fiscalizados: 3.081;
– Autuações por ultrapassagens indevidas:313;
– Autuações por embriaguez ao volante: 67;
– Acidentes: 56;
– Pessoas feridas: 54;
– Pessoas mortas: 3;
– Pessoas presas (crimes): 73;
– Pessoas presas (crimes de trânsito): 17.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui