Equipe que esteve participando da reunião sobre a piscicultura ontem, aproveitou para conhecer o projeto. Crédito: Divulgação

A Prefeitura de Sinimbu – através da Emater e do proprietário da Morangoezte, Aloisio Goetze – conta com um espaço diferenciado para a comercialização de produtos da Agricultura Familiar: o Pegue Pague. Através do projeto, uma mesa está exposta com alguns produtos produzidos por Aloisio e os demais integrantes da AAPAS – Associação de Agricultores Produtores de Alimentos de Sinimbu – e a população pode se dirigir até ela, escolher o que quiser e fazer o pagamento ali mesmo, depositando o valor do produto no caixa disponibilizado para o projeto.

Conforme o chefe do Escritório da Emater de Sinimbu, Luis Fernando Marion, o Pegue Pague visa buscar um comércio participativo de confiança, integrando valores, valorizando a comunidade e mostrando que a população local tem valores e ética para aderir a uma nova proposta de comercialização de produtos. “Já estamos trabalhando com a ideia do Pegue Pague há mais tempo. O Aloisio decidiu aderir a ideia e estamos confiantes com o projeto. A mesa disponibilizada na Prefeitura será um teste. Se der certo, poderemos pensar em outros pontos com a mesma sistemática”, detalha Marion.

Para a prefeita Sandra Backes, o projeto é inovador e irá provocar a comunidade de uma forma diferente. “Através desse projeto será possível estimular valores como ética e honestidade. É uma nova forma de comercialização dos produtos produzidos pelos agricultores familiares de Sinimbu. Será um incentivo para estes produtores incrementarem a sua renda e a sua produção”, frisa.

Estão disponíveis para compra produtos como repolho, brócolis, couve-flor, beterraba, feijão, alho, entre outros. Além disso, os organizadores também disponibilizaram brindes como laranja e bergamota. O projeto conta com o apoio da AAPAS, Associação Mãos que Fazem Arte e Sicredi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui