Prefeita Helena Hermany

Na manhã desta quarta-feira, 06, a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul realizou um ato no auditório da Assemp, onde a prefeita Helena Hermany assinou o termo de início do “Programa de Prevenção à Violência Pacto Santa Cruz pela Paz”. No evento estavam presentes secretários e representantes da segurança pública e de entidades da cidade. O lançamento oficial está previsto para fevereiro de 2022, e o calendário conta com três etapas, a primeira é o diagnóstico e levantamento de dados na cidade. Inicialmente cerca de mil casas receberão a pesquisa.

O Pacto pela Paz é uma iniciativa do Instituto Cidade Segura. Algumas cidades do Rio Grande do Sul como Pelotas e Lajeado já fazem parte deste projeto que abrange todo o País. A ideia é agir antes que o crime ocorra, alcançando com ações planejadas nas áreas de educação, saúde e desenvolvimento social, as populações mais vulneráveis. O programa é baseado em três níveis: fortalecimento das famílias, proteção das crianças e desenvolvimento de habilidades.

O secretário de segurança e mobilidade urbana, Everton Oltramari, falou sobre a iniciativa que agora ganha força aqui em Santa Cruz do Sul. O secretário relatou que o país é um dos mais violentos do mundo, ele disse ainda que hoje vivemos em uma epidemia de violência. Nos últimos 20 anos em Santa Cruz do Sul mais de 372 pessoas perderam a vida na cidade por causa da violência. “Precisamos trabalhar e atacar desde cedo a violência” declarou o secretário. Ele destacou ainda sobre a qualidade da segurança pública em Santa Cruz do Sul e todo o desenvolvimento da população. “Nós vamos transformar Santa Cruz em uma das cidades mais seguras do País”, ressalta Everton Oltramari.

A iniciativa busca trabalhar junto com a educação da cidade, onde desde o início se fará um trabalho para que crianças e adolescentes não se percam durante sua trajetória no âmbito escolar. O secretário de Educação, João Wenzel, acredita que isso trará melhorias a cidade e afirmou a importância da educação na vida de todos e os cuidados desde o início na formação do cidadão.

O diretor executivo do Instituto Cidade Segura, Alberto Kopittke, apresentou o projeto, e explicou que o mesmo vem para agregar à segurança publica da cidade, onde se pretende reduzir os índices de violência da cidade no geral. Onde a base do pacto é a integração de todas as secretarias e entidades do município.

A prefeita Helena Hermany destaca a importância de combater os problemas logo no início. “Eu acredito muito em prevenção, porque se nós cuidamos das crianças desde o nascimento, colocando em uma escola de educação infantil e fundamental, nos preocupando com a qualificação e inserção no mercado de trabalho, nós temos cidadãos de bem, então a prevenção é a metodologia mais eficaz e que da resultado. Me sinto feliz pelo engajamento da comunidade mais uma vez”, ressalta.

Por Central de Jornalismo da Rádio Santa Cruz

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui