Foto de hoje. Crédito: Luiz Fernando Bertuol

No lugar de linhas demarcando um terreno vazio, uma estrutura de três pavimentos já totalmente erguida. Entre a primeira visita em outubro do ano passado, e a segunda nesta sexta-feira, 05, impressionou a evolução das obras de construção do novo bloco cirúrgico do Hospital Ana Nery (HAN). A previsão é que o espaço esteja pronto para receber pacientes no verão de 2023.

A prefeita Helena Hermany, juntamente com a secretária municipal de Saúde, Daniela Dumke, o diretor administrativo e financeiro da Pasta, João Corrêa, e o líder do governo na Câmara, vereador Henrique Hermany, conferiram as obras a convite do diretor-executivo do HAN, Gilberto Gobbi. Eles circularam pelas instalações das futuras salas de cirurgia (ampliando de seis para 11 o total no hospital) e dos 25 leitos de recuperação, além da nova estrutura para a Central de Material Esterilizado (CME). O centro cirúrgico existente também passará por ampla reforma. Serão 1.020m² de construção e 976m² de área reformada.

“Nesta sexta, quando é celebrado o Dia Nacional da Saúde, pudemos constatar a evolução da obra, que vai ampliar ainda mais a qualidade do atendimento que é prestado pelo Hospital Ana Nery”, afirmou a prefeita Helena Hermany. Ela ainda agradeceu a administração do HAN pela parceria com o Município na gestão da UPA Esmeralda e do Hospitalzinho.

Para a secretária Daniela Dumke, é positivo quando o poder público pode firmar parcerias como esta, ainda mais que a obra está andando conforme o cronograma estipulado. “A saúde pública e a estrutura hospitalar precisam estar em sintonia para que o atendimento à população funcione”, avaliou, ressaltando que a construção das novas instalações conta com apoio financeiro da Prefeitura.

Já o vereador Henrique Hermany afirmou que o novo local fará a diferença na saúde da população. “Teremos uma grande ampliação do número de procedimentos, em um hospital que é referência em oncologia e atende majoritariamente o SUS”.

Atualmente, o HAN realiza cerca de 750 cirurgias por mês. Com a obra, essa capacidade poderá ser duplicada.

Foto em outubro de 2021. Crédito: Luiz Fernando Bertuol

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui