Foto: Jacson Miguel Stülp

A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul realizou sessão ordinária ao fim da tarde desta segunda-feira, 13, quando foram aprovados 11 projetos.

Entre eles foi aprovada de autoria do Executivo a alteração da lei que dispõe sobre a política municipal da criança e do adolescente. Também o projeto que dispõe sobre o Plano Municipal de Turismo (PMT); a prorrogação de contrato de trabalho da servidora Marelene Soares; a alteração da lei que permuta servidores com o Estado; a cedência de imóvel à Associação dos Moradores do bairro Linha Santa Cruz; foi autorizada ainda a cedência do uso de imóveis ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado; o projeto de lei que dá delimitação e denominação aos bairros da zona urbana da cidade; também foi aprovada a firmação de convênio de Cooperação Financeira com a Fundação Banco do Brasil; a abertura de créditos especiais no montante de R$ 3.044.600,00 para custear diversas secretarias.

De autoria do vereador Gerson Trevisan (PSDB) foi aprovado o projeto que dispõe sobre a compra e venda, sem procedência, de cobre, alumínio, estanho e ferro. Também foi aprovada a alteração da lei que proíbe a alteração de ruas.

Informações

O vereador Francisco Carlos Smidt (PSDB) requer informações sobre o atendimento a cirurgias de cataratas. Ele indica o conserto da canalização pluvial na Rua General Andreas, o patrolamento e encascalhamento de estradas em Cerro Alegre Baixo

Luizinho Ruas (PSD) requer o envio de Projeto de Lei à Câmara regulamentando a assistência técnica  gratuita para projetos de construção. O professor Cleber (DEM) indica o asfaltamento da Rua Cambará. Também requer à RGE o ajuste e retirada de fios em postes.

Bruno Cesar Faller (PDT) indica a troca do encanamento dos bueiros e aumento das valetas existentes na Rua Augusto Arnold, a eliminação de buraco existente na confluência da Rua Princesa Isabel com a Rua João Martin Buff.

O vereador Rodrigo Rabuske (PTB), subscrito por Sérgio Moraes requer a limpeza e desassoreamento de córregos e arroios em Linha Nova. Rodrigo Rabuske também indica ao Poder Executivo e à RGE a verificação de cabos inutilizados e caídos na confluência da Avenida Independência com a Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel. Rabuske também requer o congelamento dos valores do Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).

Daiton Mergen (MDB) indica a construção de passarela na Avenida Castelo Branco, o ordenamento do trânsito na confluência da Rua Gaspar Silveira Martins com a Rua Osvaldo Cruz e com a Rua Capitão Werlang.

Sérgio Moraes sugere melhorias no Loteamento Mãe de Deus, a pavimentação da Rua Vereador Elemar Ramos, a limpeza e melhorias no Cemitério Municipal. Gerson Trevisan (PSDB) requer a implantação de feira rural em Rio Pardinho, a instalação de iluminação na parte interne do Cemitério Municipal, a implantação de faixa de segurança elevada na Rua São José.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui