Foto: AI

Acreditar é o primeiro passo para transformar sonhos em realidade, seja no mundo corporativo ou na vida pessoal. Com a crença de que era possível fazer e munido de muito preparo e resiliência, o empresário José Galló liderou um processo de gestão que em três décadas transformou a Lojas Renner de uma rede de varejo de moda com oito lojas para uma corporação com mais de 550 operações no Brasil e no Uruguai, eleita a “Empresa do Ano” pela Revista Exame, em 2018.

Atual presidente do Conselho de Administração da Lojas Renner S/A e membro do conselho de Administração da Ultrapar Participações S/A, Galló foi o convidado do Tá na Hora Online, promovido pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz, na noite de terça-feira, 27, com transmissão pelo YouTube e Facebook da entidade. Com mais de 30 anos de experiência no varejo e graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, o empresário é uma figura de referência no cenário corporativo nacional.

Entre os muitos reconhecimentos conquistados, José Galló foi agraciado pelo Valor Econômico com o título “Executivo de Valor” em seis edições do prêmio. Em 2018, a HSM Management de Liderança distinguiu o empresário como Líder Storyteller e Líder Servidor, e a Revista Forbes o reconheceu entre “Os Melhores CEOs do Brasil. Também recebeu, por quatro vezes, o título de melhor CEO do setor de varejo e consumo no “Latin America Executive Team Ranking”, da Revista Institutional Investor. Boa parte desta vivência está relatada no livro de sua autoria “O Poder do Encantamento”, lançado pela editora Planeta Estratégia.

No encontro virtual, conduzido pelo presidente da ACI, Gabriel Haas de Borba, o empresário falou sobre “O poder do encantamento no crescimento das empresas” e compartilhou com os participantes os momentos decisivos de sua carreira, sempre voltada para o varejo, e as estratégias que usou para liderar sua equipe e “transformar a Renner em uma gigante da moda popular”.

Confira as principais dicas do empresário para ter sucesso nos negócios:

– Toda a empresa, independente do porte precisa definir uma proposta de valor, ter a sua cultura. Para Renner é encantar o cliente.

– Medo pode ser paralisante ou um estímulo para que se busquem novas soluções. A melhor solução é a que se constrói com o time, de forma conjunta, pois o nível de engajamento é sempre maior.

– Problemas financeiros não são causa, mas consequência da falta de propósito de valor da empresa.

– A crise atual acelerou as mudanças e a inovação no meio empresarial. Ferramentas digitais, e-commerce, inteligência artificial – o consumidor exigiu que as empresas atendessem a essa velocidade. Surgiu a consciência de que podemos mais do que pensamos.

– Só vai ficar pelo caminho quem não encanta e nem sequer atende o seu cliente.

– Crise é problema, mas também é estímulo para inovação e superação.

– Quem pensa que não pode vai ser sempre pequeno. As grandes corporações começaram pequenas e cresceram. É importante acreditar no seu potencial (mindset positivo), mas sem ação nada acontece.

– A decisão de não só satisfazer o consumidor, mas de encantá-lo. Depois, fazer com que os líderes e colaboradores de todos os setores da empresa acreditem e pratiquem isso por meio de treinamento.

– Para encantar o cliente, precisa ser o exemplo. Internalizar isso em todas as ações, em tudo que fizer.

– A felicidade não está ligada somente ao valor do salário, mas ao que realizamos.

Confira no canal do Youtube da ACI o vídeo na íntegra, que ficará à disposição por tempo limitado. O Tá na Hora tem o patrocínio da Philip Morris Brasil, Unimed, BAT Brasil, UNISC, JTI e BRDE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui