Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Reunidos à tarde desta terça-feira, 28, os clubes que disputam o Campeonato Brasileiro aprovaram a volta do público aos estádios já a partir da rodada deste final de semana. Somente o Flamengo, que não enviou um representante no encontro, e o Athletico Paranaense, que votou contra, não se manifestaram a favor da medida. Ou seja, houve quase uma unanimidade entre os clubes.

O Grêmio será o primeiro time do Estado a contar com o retorno da sua torcida na Série A. Domingo, 03, na Arena, haverá torcedores no confronto com o Sport. O clube, até o início da noite desta terça-feira, 28, ainda não havia detalhado a logística de compra de ingressos e protocolos sanitários a serem seguidos por quem for ao estádio. Inicialmente, estão liberados 2,5 mil torcedores, mas existe a possibilidade de o governo estadual aumentar a capacidade ainda esta semana.

O Inter enfrentará o Atlético Mineiro na noite de sábado, 02, diante de alguns milhares de torcedores no Mineirão. Para manter a isonomia da competição e o equilíbrio técnico, foram adiados os jogos do Bahia, em Salvador, já que o governo baiano ainda não aprovou a volta do público aos estádios, em razão do número crescente de casos ativos de coronavírus naquele estado. Em São Paulo, a liberação começa a valer no dia 4, segunda. Bragantino e Corinthians aceitaram jogar sem público no final de semana, enquanto o Santos pediu o adiamento do jogo com o Fluminense para poder contar com a torcida na Vila Belmiro.

A volta dos torcedores foi comemorada tanto por colorados quanto por gremistas. O presidente do Inter, Alessandro Barcellos salientou a preparação feita pelo clube nos últimos meses. “O Inter está preparado para vários cenários. O clube fez estudos e ensaiou a volta dos torcedores com vários tamanhos de público e com vários tipos de protocolos e cuidados. Esperamos poder contar com um número razoável de colorados no Beira-Rio, sempre com segurança, para ter a torcida do nosso lado outra vez. Eles farão a diferença a nosso favor nesta reta final de Campeonato Brasileiro”, ressaltou o mandatário.

Barcellos também lembrou que o clube está recebendo o atestado de vacinação dos seus associados há pelo menos três semanas. E que ela será fundamental para dar segurança para o retorno de público ao Beira-Rio. “O Inter fez a sua parte. Agora, o torcedor também precisa estar preparado”. O primeiro jogo com público no Beira-Rio ainda não tem data.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui