Os brasileiros Ronaldinho Gaúcho e Daniel Alves se encontraram com o papa Francisco nesta quinta-feira (19), em Roma, na Itália, no lançamento de um projeto educacional criado pelo próprio pontífice. O evento contou ainda com o ex-jogador argentino Maxi Rodriguez e Bono Vox, vocalista da banda U2.

Aos 85 anos, o papa apareceu para o público em uma cadeira de rodas, por causa de fortes dores no joelho. Em determinado momento, Ronaldinho se dirigiu à Santidade e o presenteou com uma camisa com o número 10 e o nome de Francisco nas costas. O pontífice, que é argentino, já declarou ser fã de futebol e torce para o San Lorenzo.

“É uma honra fazer parte de uma iniciativa tão bonita como a ‘Nós Jogamos pela Paz mais uma vez’. Fico muito feliz pela oportunidade de encontrar novamente o Papa aqui no Vaticano, muito obrigado”, publicou Ronaldinho nas redes.

O encontro, realizado na Pontifícia Universidade Urbaniana, marcou o lançamento oficial do Movimento Educativo Internacional Scholas Occurrentes, projeto de rede de escolas católicas idealizado por Francisco ainda quando ele era arcebispo, em Buenos Aires.

A iniciativa teve pontapé inicial em 2015, como uma fundação, mas com a ampliação de suas atividades, ganhou um caráter internacional.

Foto: Rádio Vaticano

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui