Toda e qualquer partida do Campeonato Brasileiro vale os mesmos três pontos. Entretanto, algumas parecerem ser mais importantes, pois marcam um tipo de encruzilhada na história de um time na competição. Para o Inter, o jogo deste domingo, às 20h30min, diante do Fortaleza, no Beira-Rio, é deste tipo. Se vencer, o time colorado segue no encalço do São Paulo ou até, em um caso mais remoto, lhe ultrapassa na tabela – para isso, precisaria de uma derrota do atual líder, tirando cinco gols de saldo nos dois jogos.

Se perder, diminui o ritmo, perde fôlego, embalo e moral para encarar uma sequência dura de compromissos, que incluem um duelo contra o próprio São Paulo e um Gre-Nal, na próxima semana. A equipe de Abel Braga vem acelerada por cinco vitórias consecutivas e sete jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro. A confiança está elevada, e o ambiente, tranquilo. “Com certeza, estamos na briga pelo título brasileiro, pois estamos só a três pontos do São Paulo. Temos um jogo muito difícil contra o Fortaleza, mas estamos concentrados, estudando o adversário para fazer um ótimo jogo e conquistar os três pontos”, destaca o lateral Moisés.

Além da boa fase, o Inter tem um reforço importante. Edenilson, responsável por dar o ritmo ao meio-campo, está de volta após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, há desfalques. Para começar, Thiago Galhardo teve um problema muscular na panturrilha e fica fora desta e das próximas duas rodadas. Em situação mais grave, Rodrigo Moledo teve confirmada uma delicadíssima lesão nos ligamentos do joelho direito, que o afastarão do futebol por pelo menos seis a oito meses. No ataque, entra Yuri Alberto. Na defesa, o escolhido deve ser Lucas Ribeiro.

A preparação para a partida não prevê nada fora do padrão. A ordem é manter a rotina e o trabalho. “Temos que continuar o que estamos fazendo. Muita dedicação e concentração. Sabemos da nossa situação. Estamos em segundo lugar, atrás do São Paulo. Vamos brigar muito para entrar na história do clube. Faz mais de 40 anos que o Inter não conquista esse tão sonhado título. Vamos muito forte nesses nove jogos que nos restam”, segue Moisés.

O Fortaleza, por seu lado, fará de tudo para impedir os planos colorados. Porém, tem demonstrado pouca força ultimamente. Desde a saída de Rogério Ceni, o equipe perdeu embalo e, no momento, vive uma crise. Não vence há sete rodadas e não marca gols há quatro, já ameaçado de rebaixamento. No sábado passado, empatou com o Grêmio, em casa, por 0 a 0. A boa notícia para o Fortaleza é que o técnico Enderson Moreira contará com a volta de dez jogadores afastados por Covid-19. Pelo menos quatro devem ser titulares. O meia João Paulo, flagrado em uma balada, desrespeitando as normas do clube contra o coronavírus, foi afastado e não viaja a Porto Alegre.

Campeonato Brasileiro – 30ª Rodada  

Inter

Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Praxedes e Patrick; Caio Vidal e Yuri Alberto. Técnico: Abel Braga.

Fortaleza

Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Wanderson e Carlinhos; Felipe, Juninho, Osvaldo e Romarinho; David e W. Paulista. Técnico: E. Moreira.

Árbitro: Rodrigo D. Ferreira.

Local: Beira-Rio, Porto Alegre

Horário: 20h30min

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui