Desde que Abel Braga assumiu, ninguém fez mais gols com a camisa colorada que Yuri Alberto. Mesmo assim, ele não é titular. Pudera, concorre com Thiago Galhardo, que faz a melhor temporada da vida, é o artilheiro do Campeonato Brasileiro e chegou à Seleção. Como Galhardo recebeu o terceiro cartão amarelo durante a vitória sobre o Bahia e assistirá pela televisão a Ceará e Inter, hoje à noite, às 19h, na Arena Castelão, em Fortaleza, abre-se a brecha para o suplente. É a oportunidade para Yuri Alberto afirmar-se e, quem sabe, acabar a competição como titular.

Nos 11 jogos desde novembro sob o comando de Abel, o centroavante contratado do Santos em agosto marcou quatro gols, apesar de ter começado apenas quatro partidas como titular e ter estado apenas 470 minutos em campo – metade de Thiago Galhardo. São números que apontam para uma concorrência acirrada nas rodadas finais.

Além disso, Yuri foi trazido como uma aposta para o time e também como um ativo. O Inter pagou, com recursos providos pelo empresário Delcir Sonda, R$ 10 milhões à vista ao Santos, que era dono dos direitos federativos. Com apenas 19 anos e várias passagens pelas seleções de base, o centroavante desperta o interesse de clubes do Exterior. Acredita-se que ele não ficará muito mais tempo no Beira-Rio, principalmente diante da dificuldade financeira do Inter.

A entrada de Yuri Alberto no lugar de Galhardo não deve ser a única no time que enfrenta o Ceará. Rodrigo Moledo e Marcelo Lomba, que estavam suspensos, reforçam a defesa. Outro que retorna é Moisés, após ficar de fora contra o Bahia por questões contratuais. Ontem, o Inter divulgou dois novos desfalques, que não chegam a comprometer os planos de Abel para o time: o goleiro Danilo Fernandes e o lateral Uendel, que enfrentaram o Bahia, ficaram em Porto Alegre por problemas médicos.

O Inter defende uma invencibilidade de cinco partidas no Brasileirão. Graças a este desempenho, recuperou-se na tabela e ocupa a quinta colocação, já que o Grêmio venceu o Bahia e chegou a 48 pontos. Com a derrota do São Paulo para o Red Bull Bragantino, por 4 a 2, e do Flamengo para o Fluminense, por 2 a 1, ambos na quarta-feira, o Colorado precisa da vitória para ficar a seis pontos do Tricolor paulista, líder da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui