Foto: Lauren Fernandes

A Cooperativa de Crédito Sicredi Vale do Rio Pardo está de casa nova. O moderno empreendimento às margens da RSC 287, no trevo de acesso à Avenida Independência, em Santa Cruz do Sul (RS), inaugurado nesta terça-feira, 21 de setembro, é a nova sede administrativa da cooperativa. A solenidade de inauguração do espaço, com a presença de autoridades e convidados, e transmissão via Internet, também marcou a celebração dos 102 anos de história da Sicredi VRP, uma das mais antigas do Brasil. “Em 1919, 51 pessoas sonhadoras, unidas pelo espírito de cooperação, lançaram as sementes que germinaram nesta trajetória de cooperação, de compromisso com os associados e com o desenvolvimento sustentável. Queremos celebrar e agradecer a todos que cooperaram na construção desta história”, destacou o presidente da instituição, Heitor Álvaro Petry.

De acordo com Petry, o processo de gestão do negócio da Cooperativa envolve três pilares: econômico, ambiental e social, em uma perspectiva de desenvolvimento sustentável. No econômico está o fortalecimento da economia local e a prosperidade dos associados e parceiros. Com o pilar social busca-se contribuir para o desenvolvimento das pessoas, elevando sua qualidade de vida e investindo na formação de jovens e adultos. E no ambiental se inserem ações voltadas a mitigar impactos, preservar os recursos naturais, fomentar alternativas de utilizar energia limpa e renovável, bem como ações e educação e conscientização.

Atualmente, a Sicredi Vale do Rio Pardo conta com 57 mil associados, 15 agências de atendimento e atua nos municípios de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Vera Cruz, Sinimbu, Passo do Sobrado, Vale Verde, General Câmara, Herveiras e Rio Pardo. “O cooperativismo de crédito é muito importante para a região e, reafirmar isso, é mostrar que a cooperação pode fazer a diferença na vida das pessoas. A sustentabilidade está arraigada na missão e no propósito da cooperativa. Nosso compromisso para o futuro é fazer parte da prosperidade de todos”, frisou o líder cooperativista.

Há três anos, a Cooperativa realizou o lançamento da Pedra Fundamental da nova sede administrativa, cujas obras iniciaram em abril de 2019. Alinhado à nova identidade visual do Sicredi, o empreendimento contempla um espaço de 5,5 mil metros quadrados, com 2,7 mil metros de área construída, em três pavimentos. Com as características marcadas pela modernidade e pela elegância, o prédio busca segurança e conforto. A parte externa é composta por muros, grades, portões, pavimentação, guarita e paisagismo. Na parte sustentável, destaque para a captação da água da chuva e utilização de energia fotovoltaica.

Com a nova sede, que alia tecnologia, acessibilidade e sustentabilidade, a Sicredi Vale do Rio Pardo segue a sua história cumprindo o seu papel diário dentro da estratégia que está alinhada aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS’s), o que contempla os pilares econômico, ambiental e social, focados no relacionamento e cooperativismo, soluções responsáveis e desenvolvimento local. “É uma obra elegante e moderna, mas não suntuosa. Ela é adequada às necessidades da Cooperativa e será uma marca física da presença e atuação no Vale do Rio Pardo”, salientou Petry.

Social – Dentre as diversas frentes de trabalho no âmbito social estão dois pilares: o investimento social e a educação. Para atender às necessidades dos associados, a Sicredi Vale do Rio Pardo também busca parcerias com entidades e instituições locais. Destaque para os programas Crescer, Pertencer, Plante o Futuro (bolsas de estudos para escolas técnicas), A União Faz a Vida, Cooperativas Escolares e Cooperação na Ponta do Lápis, que abrange ações de educação financeira.

O Fundo Social, que já beneficiou mais de 250 projetos executados por mais de 160 entidades associadas, em um total de mais de R$ 1,3 milhão, tem forte atuação e o objetivo de apoiar projetos sociais de interesse coletivo desenvolvidos nos nove municípios da base de atuação. O Dia de Cooperar, que desperta o valor da solidariedade, em 2021, em virtude da pandemia, teve como foco a arrecadação de alimentos, que envolveu mais de 200 voluntários. A iniciativa resultou no montante de 13 toneladas de mantimentos, em que a Cooperativa dobrou a quantidade, beneficiando 29 instituições com o total de 26 toneladas.

Usina fotovoltaica 

A usina fotovoltaica própria foi inaugurada pela Sicredi VRP no fim do mês de agosto, no Distrito de Rincão Del Rey, município de Rio Pardo, às margens da BR 471, num investimento na ordem de R$ 2,5 milhões. O empreendimento, com 1.238 módulos, com potência instalada de 544,720 kWp, vai atender o consumo de energia da nova sede e das 15 agências, além de contribuir com o meio ambiente. A Cooperativa foi pioneira quando criou, em 2017, uma linha de crédito específica para fomentar a geração de energia limpa e renovável por meio das placas solares. Neste período, ela já financiou mais de R$ 92 milhões, o que resultou na implantação de mais de 1,5 mil usinas fotovoltaicas no Vale do Rio Pardo, agregando renda ao associado, gerando novos postos de trabalho e tributos, entre outros benefícios.

Resultado

No 1º semestre de 2021, a força do crédito cooperativo na região auxiliou na construção de histórias e na realização de sonhos. O desempenho da Sicredi Vale do Rio Pardo foi pautado nas necessidades dos associados por meio do preço justo e da economia. Ao gerar resultado positivo, a Cooperativa se fortalece e o associado tem acesso a distribuição de sobras. Nestes seis primeiros meses do ano, a instituição contabilizou R$ 22,6 milhões de resultados, com R$ 236 milhões de crédito liberado.

O presidente da instituição bancária, Heitor Álvaro Petry, falou para Rádio Santa cruz na manhã desta quarta-feira, 22. Confira:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui