Foto: Ronaldo Bernardi / RBS

O homem preso preventivamente no sábado (4), por estuprar e assassinar a menina Ágatha Rodrigues dos Santos, de 5 anos, jogando-a no Rio Taquari, em Lajeado, foi transferido do Presídio Estadual de Lajeado para outra instituição que não teve o nome divulgado. A transferência ocorreu na tarde desta quarta-feira (8).

Conforme a Superintendência dos Serviços Penitenciários, a Susepe, a transferência foi motivada por registros de casos de atentado contra a sua vida. O homem, que não teve a identidade revelada, é o principal suspeito da morte da criança. O caso está sob investigação da Delegacia da Mulher da Lajeado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui