Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

O Grêmio é tricampeão da Recopa Gaúcha. Na noite desta terça-feira, 24, o Tricolor goleou o Glória por 5 a 0, no Estádio Altos da Glória, em Vacaria. Os gols foram marcados por Elkeson, Campaz, Janderson, Jhonata Varela e Ricardinho.

Com os reservas, na Serra gaúcha, o Grêmio não encontrou dificuldades para construir o placar elástico e conquistar a Recopa Gaúcha. No primeiro tempo, Elkeson, no início, e Campaz, no final, em cobrança de pênalti, encaminharam o título. Já na etapa complementar, com os donos da casa entregues, Janderson, o destaque da partida, Jhonata Varela e Ricardinho fecharam o placar. O confronto marcou o retorno de Walter Kannemann, que atuou por 60 minutos, após cinco meses afastado dos gramados por cirurgia no quadril.

O Grêmio volta a campo no domingo, às 16h, para enfrentar o Vila Nova, em Goiânia, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Boa vantagem e título encaminhado

A primeira chegada perigosa da partida foi do Glória. Aos 5 minutos, Vitor recuperou a bola na meia esquerda e soltou a bomba. A bola passou perto da trave esquerda de Gabriel Grando. A resposta do Grêmio não demorou e foi fatal. Aos 7, após boa jogada pela direita, Janderson cruzou na grande área para Elkeson, que antecipou a defesa de Vacaria e tocou de carrinho no ângulo direito do goleiro Samuel, 1 a 0. O primeiro gol do camisa 9 pelo clube.

O Glória reagiu aos 10 minutos e quase conseguiu o empate. Após cobrança de falta da meia direita de Germano, Marcão desviou de cabeça e a bola passou perto da meta de Gabriel Grando. Na sequência, os ânimos dos jogadores ficaram um pouco mais exaltados, e o árbitro Roger Goulart distribuiu dois cartões amarelos para o Grêmio: Kannemann, por retardar o jogo, e Thiago Santos, por falta forte.

Depois de um bom tempo sem lances perigosos, o Tricolor voltou a criar uma boa oportunidade aos 27 minutos. Após boa trama ofensiva, Elkeson recebeu na grande área e finalizou de perna esquerda por cima do gol. Boa chance perdida pelo camisa 9. Sete minutos depois, Benítez acionou Campaz pelo lado esquerdo. O camisa 7 cruzou rasante para a área, e a bola passou pelos atacantes gremistas.

A primeira finalização do Glória no gol gremista aconteceu aos 42 minutos. Em contragolpe, Matheus Paulista recebeu pela meia esquerda, ajeitou para a perna direita e finalizou para defesa tranquila de Gabriel Grando. Um minutos depois, o Grêmio teve um pênalti marcado a seu favor. Janderson recebeu dentro da área pelo lado direito e foi derrubado por Vitor. Na cobrança, aos 44, Campaz soltou a bomba no meio do gol e aumentou a vantagem tricolor, 2 a 0.

Goleada e tricampeonato consolidado

Com a placar adverso, o técnico Alê Menezes promoveu uma mudança no ataque do Glória para a volta do segundo tempo. Francis entrou no lugar de Matheus Paulista. E os donos da casa é que tiveram a primeira mais perigosa. Aos 8 minutos, Baggio fez boa jogada na intermediária e finalizou de esquerda para boa defesa de Gabriel Grando, que espalmou para escanteio.

Administrando o placar construído na etapa inicial, o Grêmio foi chegar com mais perigo aos 17 minutos. Após boa jogada pela meia esquerda, Campaz cruzou e a bola sobrou para Janderson. O camisa 20 pegou de bicicleta e marcou um golaço no Estádio Altos da Glória, 3 a 0. Se o título já estava encaminhado nos primeiros 45 minutos, agora já estava confirmado.

Com os donos da casa entregues, o Tricolor transformou a boa vitória em goleada, em Vacaria, aos 22 minutos. E teve mais uma participação de Janderson, que deu a assistência para Jhonata Varela. O camisa 43, que havia acabado de entrar, soltou a bomba de perna direita, da entrada da grande área, no ângulo direito de Samuel, 4 a 0.

O Grêmio não parou por aí e aumentou a goleada aos 35. Após lançamento do campo defensivo de Heitor, Ricardinho ganhou da zaga do Glória, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Samuel, 5 a 0.

Nos últimos dez minutos de jogo, as duas equipes deixaram o tempo passar até o apito final do árbitro Roger Goulart aos 45. O Tricolor chegou ao tricampeonato da Recopa Gaúcha (2019, 2021 e 2022) e se tornou o maior vencedor da competição.

Recopa Gaúcha 2022 – Final

Glória
Samuel; Marcão, Igor Souza, Douglas e Vitor; Vacaria (Bruno Cruz), Baggio (Felipe Klein), Tcharles (Biel) e Germano; M. Paulista (Francis) e João Paulo (Rafael Gelatti). Técnico: Alê Menezes.

Grêmio
Gabriel Grando; Rodrigues, Natã e Kanneman (Heitor); Sarará (Jhonata Varela), Thiago Santos (Fernando Henrique), Benítez e Thiago Rosa; Campaz, Janderson (Kevin Quejada) e Elkeson (Ricardinho). Técnico: Roger Machado.

Gols: Elkeson, aos 7 minutos do primeiro tempo, e Campaz, aos 44 minutos do primeiro tempo; Janderson, aos 17 minutos do segundo tempo, Jhonata Varela, aos 22 minutos do segundo tempo, e Ricardinho, aos 35 minutos do segundo tempo;
Cartões amarelos: Marcão, Igor Souza, Baggio e Rafael Klein (G); Kannemann e Thiago Santos (G);
Arbitragem: Roger Goulart (RS)
Auxiliares: Otavio Legramani e Conrado Bittencourt Berger (RS)
Local: Altos da Glória, em Vacaria (RS)
Data e hora: 24/05, às 19h

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui