Jogando em casa na noite desta terça-feira (22), o Grêmio empatou em 2 a 2 com o Flamengo, em partida pendente da segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor gaúcho chegou a sofrer dois gols de diferença mas conseguiu igualar o placar (mesmo com um jogador a menos), chegando a 36 pontos, em 17º lugar e ainda com chances de escapar do rebaixamento.

A equipe gaúcha tem agora pela frente o Bahia, às 19h desta sexta-feira (26). Uma vitória pode colocar o time de Porto Alegre mais próximo da parte de fora do Z-4, a apenas três rodadas do final do torneio. Isso porque o adversário está em 18º na tabela, com apenas um ponto a mais.

Depois dos baianos, o Grêmio enfrentará São Paulo (na Arena), Corinthians (em São Paulo) e Atlético-MG (novamente em casa).

Por vezes, na etapa inicial, os gremistas tiveram maior controle das ações, mas com o passar do tempo, a partida se equilibrou. Os visitantes saíram na frente no marcador, com dois gols de Vitinho. Jhonata Robert acabou expulso por receber dois amarelos e mesmo com apenas dez atletas em campo, o Tricolor buscou o empate. Borja e Ferreira igualaram o marcador no segundo tempo.

Primeiro tempo

Logo nos primeiros momentos do jogo, o Grêmio teve uma oportunidade em cobrança de falta. Campaz cobrou, colocando na área e Geromel desviou de cabeça, mas por sobre a meta. Outra chance gremista saiu aos 10 minutos, quando Diego Souza recebeu um passe na entrada da meia-lua da grande área, em condições e foi derrubado. O centroavante cobrou por baixo da barreira, mas Hugo defendeu.

Com 15 minutos de jogo, o Tricolor chegou novamente em uma das chances mais claras de gol. A bola foi cruzada na área, Jhonata Robert desviou de cabeça e Gustavo Henrique cortou praticamente em cima da linha, impedindo de o atacante abrir o marcador. Dois minutos depois, Ferreira passou por três marcadores e chutou direto, mas sem muita força. Hugo defendeu com tranquilidade.

O Grêmio tramou uma boa jogada com Campaz, que recebeu na esquerda e chutou cruzado, mas o goleiro carioca defendeu. Em resposta, o Flamengo chegou em cobrança de falta da intermediária. Kenedy cobrou, mas ficou na barreira.

Passados 30 minutos, Ferreira recebeu um bom passe na entrada da área, mas dividiu com Gustavo Henrique, e caiu. Nada assinalado. Dois minutos depois, a equipe carioca ameaçou com Vitor Gabriel, que chutou de longe. Chapecó defendeu.

Na reta final do jogo, aos 42’, Ferreira acionou Lucas Silva, que fez o pivô para Diego Souza. O centroavante chutou forte, obrigando Hugo a uma grande defesa. No rebote, Ferreira tentou o domínio, mas não conseguiu dar sequência. Do outro lado, Vitinho arriscou da esquerda, chutando cruzado, mas Chapecó fez nova defesa.

Nos acréscimos, Ferreira chutou de fora da área, mas Hugo conseguiu defender no centro do gol. Ainda no primeiro tempo, o Tricolor conseguiu marcar com Diego Souza, mas o jogador estava em posição de impedimento.

Segundo tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar. Já no primeiro minuto, o Tricolor já levou perigo a meta adversária. Depois de bate-rebate na área, a bola chegou a Diego Souza, que dominou e finalizou, mandando à direita da meta carioca. O Flamengo chegou com um cruzamento, mas a defesa gremista cortou pela linha de fundo. Após cobrança de escanteio, Gabriel saiu para fazer a defesa.

Aos 12 minutos, o Flamengo chegou ao gol com Vitinho, que recebeu um cruzamento na esquerda e chutou cruzado, conseguindo ganhar de Chapecó e mandando para as redes. Dois minutos depois, Jhonata Robert acabou cometendo uma falta sobre Vitinho e foi expulso por receber o segundo cartão amarelo na partida.

O técnico Vagner Mancini providenciou suas primeiras mudanças na equipe: Borja e Bobsin entraram nos lugares de Diego Souza e Thiago Santos, aos 16’. Logo em seguida, Alisson e Vanderson entraram também no time, substituindo Lucas Silva e Rafinha.

Antes dos 20 minutos, o Tricolor tentou com Ferreira e Campaz, que acabou finalizando, mas mandando por sobre o gol. Mas o Flamengo não ficou atrás e ameaçou novamente. João Gomes abriu na esquerda para Kenedy, que chutou forte, para grande defesa de Gabriel Grando.

Mais uma mudança no Grêmio foi feita, aos 27’. Douglas Costa ocupou o lugar de Campaz. Com 28’ jogados, Kenedy venceu a marcação gremista, saiu livre em velocidade, invadiu a área e rolou para Vitinho, que recebeu na meia esquerda e chutou, ampliando o placar para o time carioca.

O Grêmio conseguiu descontar com Borja, aos 30’, depois de uma boa jogada individual de Ferreira, que cruzou rasteiro para o colombiano empurrar para o fundo das redes.

Aos 33 minutos, o Tricolor teve uma chance em cobrança de falta da meia esquerda. A bola foi colocada na área, mas a zaga cortou.

E foi aos 36 minutos, que o Grêmio por fim empatou a partida. Após boa troca de passes, a bola chegou para Ferreira, que fez outra jogada individual e chutou forte, sem chances de defesa do goleiro Hugo. Tudo igual na Arena.

Na reta final, Alisson deu um passe para trás para Cortez, que finalizou de primeira – a bola bateu na rede, pelo lado de fora. Em seguida, Vanderson fez um cruzamento para Borja, que desviou de ombro, mas por cima, em questão de detalhe.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui