O octogenário “vovô” Futebol Clube Rio Pardinho, um dos clubes mais antigos e tradicionais da região, que completa 82 anos neste ano vem sendo destaque no futebol amador em tempos de pandemia. E é fora de campo.

Na noite da quinta-feira, 25, o diretor de futebol do clube, Marcos Fernando Gressler, no futebol conhecido por Marquinhos, participou do programa Santa Cruz Esportes e trouxe todas as novidades do clube e os planos futuros a curto, médio e longo prazo.

Futebol/Final LIFASC

Hoje o clube se encontra bem estruturado, tanto em termos de estrutura física, quanto no futebol. Há em atividadeo time principal, aspirantes, sub-18, feminino, veteranos e escolinha com cerca de 600 crianças cadastradas na escolinha de forma gratuita, vinculados ao Comdica. “Ou seja, hoje o atleta pode começar na escolinha com 5 anos e jogar até os 65 anos no veterano”, frisou.

Em tempos de pandemia e sem a realização do futebol, a equipe participou da Copa Virtual promovida pela Prefeitura, onde dos 32 clubes participantes, ficou entre os quatro primeiros, chegando à semifinal. “Mobilizou bastante a comunidade e levou o clube para outros municípios”, destacou.

Além disso, o clube está na final da Lifasc – Liga de Futebol Amador de Santa Cruz do Sul -, aguardando o retorno do futebol para disputar o título diante do Guarani de São Martinho o título. Com o jogo de volta marcado para se realizar em Rio Pardinho, a equipe busca o tricampeonato dentro de casa.

Obras/Projetos

Já que não se pode jogar futebol, o clube aproveita o tempo para melhorar sua estrutura física. Hoje a equipe já conta com um campo de futebol sete iluminado, arquibancada para 300 pessoas, duas cabines de imprensa, novas goleiras com medidas oficiais, câmeras de segurança e internet wifi. Além do posto de combustível que gera um valor de aluguel.

Existem ainda as obras em andamento, que tem como foco principal a iluminação. Serão instaladas seis torres com refletores led. Além disso, será instalado mastro para bandeira oficial do clube, auto falantes, correções e drenagem no campo, calçamento ao redor do campo e pinturas/reformas em geral.

Para os próximos anos, está se projetando um ginásio com capacidade de 1.500 pessoas com uma quadra em medidas oficiais e também para a realização do tradicional Festival da Galinha Recheada. O clube projeta ainda um campo de futebol sete sintético com iluminação e instalação de casamatas.

Plano de captação para a iluminação do Estádio e demais obras

Existe hoje um orçamento de R$ 50 mil para iluminar o estádio. Um projeto inédito no futebol amador regional.

Serão locados painéis comerciais no campo pelo valor de R$400,00/ano e se a empresa locar por mais de um ano, o valor reduz para R$350,00. Para pessoas físicas, serão disponibilizados títulos de sócios, temporários ou vitalícios.

Quem tiver interesse em participar ou fazer sua doação, pode entrar em contato pelo fone (51) 998041222, pelo e-mail futebolcluberiopardinho@gmail.com ou pelas redes sociais.

Hino do clube

Ouça aqui

Por: Sabrina Heming

Fotos: Divulgação/Arquivo do clube

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui