Foto: Divulgação

Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Brigada Militar (BM) se mobilizam para encontrar o corpo de um menino de 7 anos que pode ter sido vítima da própria mãe, uma mulher de 26 anos. Ele desapareceu em Imbé, no Litoral Norte, e após ser pressionada, a mãe relatou que matou a criança e jogou o corpo no Rio Tramandaí.

O caso chegou ao conhecimento da investigação ainda na noite desta quinta-feira, 29. A mulher, de 26 anos, compareceu à delegacia para registrar o desaparecimento do filho. A criança morava com ela e a companheira, de 23 anos. Segundo a investigação apurou, eles se mudaram para o município há um ano.

Após apresentar uma série de contradições durante a audiência, a mulher alegou que fez o menino ingerir medicação e jogou seu corpo no Rio Tramandaí após carregá-lo em uma mala. Ela disse que contou com o auxílio da companheira. Há indícios de que a criança era torturada psicologicamente, não frequentava aulas e ainda passava parte do dia trancada em um armário.

A mala indicada pela mulher foi localizada pelas equipes de busca nas margens do Rio Tramandaí, mas o corpo do menino não foi encontrado. A mãe do menino foi autuada por homicídio qualificado. A situação da companheira dela está sendo apurada pela investigação.

Fonte: Agora no Vale

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui