A tarde do último dia 3 foi de aprendizado em uma propriedade localizada na Linha São João, interior de Sinimbu. Jean Carlo Hirsch , junto com a esposa Solange Tesche e os pais Waly e Arno Hirsch, abriu as portas da sua propriedade para um encontro sobre técnicas e tecnologias de transição agroecológica que existem na unidade de produção familiar, reunindo cerca de 100 pessoas.

A atividade integrou a programação da Semana dos Alimentos Orgânicos do Vale do Rio Pardo, organizada na região pela AAVRP – Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo. No município de Sinimbu, a APAS – Associação dos Agricultores Produtores de Alimentos – membro da AAVRP, ficou encarregada de realizar uma atividade, sendo que os trabalhos foram realizados na propriedade rural de quatro hectares da família Hirsch, sócios da Associação.

A realização do dia de campo ficou por conta da Emater de Sinimbu, UERGS – Universidade Estadual do Rio Grande do Sul –, Prefeitura Municipal e a família Hirsch. O Centro Vocacional Tecnológico do Vale do Rio Pardo e o Arranjo Produtivo Local do Vale do Rio Pardo também apoiaram a atividade.

Conforme Jean, participaram da programação aproximadamente 100 pessoas, entre elas agricultores do município e alunos das Escolas Famílias Agrícolas de Santa Cruz do Sul e Vale do Sol. “Os participantes foram divididos em quatro oficinas, participando de atividades específicas. Na Estação 1, o engenheiro agrônomo José Antônio Schmitz, professor da
UERGS falou sobre “Produção Agrícola de Bases Ecológicas em Unidades de Produção Familiar”. Já na Estação 2, o tema “Multiplicação e utilização de microrganismos eficientes”, foi apresentado pela engenheira agrônoma Marines Rosali Bock, da ERNS Emater, e a bióloga Caroline Cabreira Cagliari, do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Sinimbu.  Na Estação 3, o extensionista rural da Emater de Sinimbu, Luis Fernando Marion, falou sobre “Secador de Grãos, Sala de Ordenha e Sistema de Biodigestor”. Por fim, na Estação 4, eu como técnico agrícola apresentei a propriedade, o cultivo de morangos e a construção de estufa”, relata Jean.

Após todos passarem por todas as oficinas, foram realizadas as considerações finais e encerrada a atividade. A propriedade familiar Hirsch localiza-se a aproximadamente dois quilômetros do centro de Sinimbu, em direção a linha são João. “Fica a 50 metros após o termino do calçamento na Rua Augusto Henning”, frisa Jean.

Jean e sua família trabalham com produção de alimentos, fazendo parte dos fornecedores da alimentação escolar do município. Os carros chefes da propriedade são o leite e seus derivados e a produção de morango com técnicas orgânicas. “Estes produtos são comercializados diretamente aos consumidores com entrega a domicilio. Quem tiver interesse em adquirir, pode nos contatar pelo telefone e WhatsApp (51) 99665 5859 ou ainda pelo Facebook Jean Carlo Hirsch”, finaliza Jean.