Foto: Prefeitura de Candelária

O prefeito Nestor Ellwanger, o Rim, e o vice-prefeito Cristiano Becker estiveram nesta quinta feira, 25, na capital do Estado, precisamente na sede da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (AGERGS), para tratar da alteração do projeto inicial da Rodovia RSC-287, que atravessa o município de Candelária, para inclusão de mais pontos de passagem para os produtores da região, muitos que tem sua morada de um lado da RSC-287, e suas lavouras e criação no outro lado, o que irá causar uma série de transtornos para esses agricultores que necessitam atravessar a referida rodovia diversas vezes por dia, e que quando acontecer a duplicação, prevista em contrato com a empresa Sacyr, que foi a vencedora da licitação e que detém a concessão da mesma, será de grande dificuldade.

Ciente do problema, o prefeito e o vice prefeito solicitaram a elaboração de um plano para pontuar algumas passagens de um lado a outro da rodovia para facilitar o trabalho e a vida desses agricultores. Na ocasião inclusive, diversos agricultores acompanharam o prefeito e o vice na visita a empresa Sacyr, com sede em Santa Cruz do Sul, onde o diretor presidente da empresa, Renato Bortoletti, informou que qualquer mudança no cronograma e na planta da rodovia, deveria passar pela AGERGS, e a partir daí, através de estudos, a empresa poderia efetuar as mudanças reivindicadas, e portanto, Rim e Cristiano, juntamente com os vereadores Jorge Willian e Jaira Dihel, o presidente da ACIC Clairton Kleinert e o vice Fernando Lersch, além do vice prefeito do Vale do Sol, José Valtair dos Santos, entregaram ao presidente da AGERGS, Luiz Afonso Senna, um plano de alterações da Rodovia, ao qual Senna prometeu estudo sobre o tema, e a partir daí deliberar a respeito das alterações solicitadas pelas prefeituras da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui