Foto: Prefeitura de Venâncio Aires

Depois de anunciar a conquista da retomada e ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para Venâncio Aires, a secretaria municipal de Habitação e Desenvolvimento Social reuniu os organizadores do programa no município para definir detalhes deste recomeço. Além da retomada do programa, também está previsto o aumento do repasse dos incentivos federais ao programa. A partir disso, de acordo com a secretária Claidir Kerkhoff, entre as definições do grupo está a abertura de inscrições para novas famílias interessadas, o que poderá ser feito a partir de segunda-feira, 27, na secretaria, das 8 horas às 17 horas. Na Capital do Chimarrão, o PAA é desenvolvido em parceria as secretarias municipais de Habitação e Desenvolvimento Social, e de Desenvolvimento Rural, Cooprova – Cooperativa de Produtores de Venâncio Aires e Emater-RS/Ascar.

A notícia da retomada dos repasses federais para o programa foi dada pela secretária Claidir, juntamente com a vice-prefeita Izaura Landim e a coordenadora da Central de Projetos, Deizimara Souza. O grupo esteve em Brasília, na semana passada e entre as agendas, esteve uma reunião com o Ministério da Cidadania que tratou sobre o assunto. Além do retorno do auxílio anual aos produtores, de acordo com Claidir, a coordenadora nacional do PAA, Mariana Carvalho, garantiu que o Governo Federal irá duplicar o valor de R$ 6,5 mil para R$ 13 mil anuais a cada produtor que fornece para o PAA.

O programa além de fornecer alimentação a famílias carentes, também incentiva agricultores à diversificação em sua produção. Para se cadastrar ao recebimento dos alimentos é necessário ter cadastro do CadÚnico – Cadastro Único, o que deve ser feito na secretaria de Desenvolvimento Social, que fica na rua General Osório, 1430. A previsão é de que no início do mês de novembro, sejam retomadas as entregas de alimentos as cerca de 700 famílias contempladas. A distribuição é feita na sede da Cooprova, no aceso Leopoldina, antigo prédio da escola municipal Alfredo Scherer, todas as terças-feiras, sendo que cada beneficiado recebe uma vez por mês os alimentos.

De acordo com a vice-presidente da Cooprova, Mônica Moraes, o anúncio era muito aguardado tanto pelos produtores como pelos beneficiados, já que o programa estava parado, desde o ano passado tendo em vista a paralização dos repasses federais. “As entregas das doações inicia em julho e vai até novembro, mas no fim do ano, geralmente somos informados do valor do ano seguinte, nos organizamos e planejamos o próximo ano, o que não aconteceu em 2020”, explica a vice-presidente da Cooprova, Mônica Moraes. Cerca de 100 agricultores venâncio-airenses produzem para o programa no município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui