O Grêmio teve uma atuação ruim na noite desta sexta-feira. Em uma espécie de prévia da Copa do Brasil, foi dominado pelo Palmeiras em boa parte do jogo. No entanto, encontrou um gol no fim em confronto direto pela parte de cima da tabela, e voltou de São Paulo com um empate .

Apesar do amplo domínio palmeirense, e da oportunidade de marcar mais vezes, os paulistas só marcaram uma, com Raphael Veiga. Perdendo a chance de ampliar, sofreram o castigo no fim, com gol marcado por Diego Souza, de cabeça.

Com o resultado, o Grêmio fica na quarta posição, com 50 pontos, e pode ser ultrapassado pelo Flamengo na rodada. O Tricolor volta a campo para mais um confronto direto na ponta de cima da tabela para enfrentar o Atlético-MG, na quarta-feira, às 19h15min, na Arena, pela 31ª rodada do Brasileirão.

Grêmio é amplamente dominado na primeira etapa 

Apesar de escalar a maior parte do time titular, o técnico Renato Portaluppi mandou a campo uma surpresa. Na volância, ao lado de Matheus Henrique, optou pelo coringa Thaciano. Na zaga, mais uma vez sem Geromel, o companheiro de Kannemann foi Rodrigues.

Desde o início do confronto, o Palmeiras dominou completamente as ações. Matheus Henrique e Thaciano não funcionaram juntos na volância, e um Jean Pyerre desconcentrado errou muitos passes, ajudando a criar condição para os jogadores do Palmeiras saírem na cara do gol, algo que se repetiu muitas vezes no primeiro tempo.

Aos 11 minutos, Marcos Rocha recebeu na direita e bateu forte, obrigando Vanderlei a fazer boa defesa. Depois, foi a vez de Rony arriscar de longe, para nova intervenção do goleiro.

Depois, foi a vez de a trave salvar o Grêmio. E isso aconteceu em três oportunidades. Primeiro, em chance inacreditável perdida por Rony. Aos 24, Willian mandou no poste. Quatro minutos depois, Breno Lopes carimbou a trave de novo.

Mas a clara superioridade do Palmeiras logo se converteu em gol, dando justiça ao placar. Aos 32, Alisson errou passe e Willian levou vantagem sobre Rodrigues. Viña recebeu e cruzou rasteiro para o meio da área. Rony furou, mas Raphael Veiga estava lá para complementar e fazer 1 a 0 no Allianz Parque.

A única chance do Grêmio ocorreu logo após o gol, surgida dos pés de Alisson. No entanto, insuficiente para empatar o jogo, e o Palmeiras foi ao intervalo com um 1 a 0 que poderia ter sido muito mais, devido a atuação muito superior ao do Tricolor.

Diego Souza marca no fim e salva o Grêmio 

Apesar da atuação ruim do Grêmio no primeiro tempo, o técnico Renato Portaluppi não mexeu. Voltou do intervalo com a mesma equipe, e manteve jogadores que não funcionaram na etapa inicial.

Mesmo com a redução do volume ofensivo na comparação com o primeiro tempo, o Palmeiras seguiu superior na partida. Aos 20 minutos, Viña dominou no meio, e cruzou para a linha de fundo buscando Rony. Ele escorou para a entrada da área. De voleio, Willian bateu de primeira, obrigando Vanderlei a fazer grande defesa, mandando para escanteio.

Para tentar obter alguma vantagem no meio campo, algo que até os 25 minutos da segunda etapa não havia acontecido, o técnico Renato Portaluppi lançou a campo Piñares, no lugar de Thaciano, que fez uma partida muito fraca, sumido no apoio e envolvido na defesa.

Após uma falta cobrada com perigo por Jean Pyerre, e que teve desvio na barreira, o Grêmio pareceu acordar. Renato lançou a campo Luiz Fernando para tentar dar velocidade pela ponta, e sacou o machucado Matheus Henrique para o retorno de Maicon aos gramados.

Ainda assim, o Grêmio chegou ao gol nos minutos finais. Maicon, com boa participação, tabelou e achou bom passe para Luiz Fernando. O atacante foi ao fundo e cruzou na medida para Diego Souza. O atacante subiu mais que a zaga e testou forte, para garantir o 1 a 1 no fim do jogo. Por pouco, o Grêmio não teve a virada, em bela cobrança de falta do atacante, defendida com maestria por Weverton, evitando a virada.

Campeonato Brasileiro – 30ª rodada

Palmeiras 1

Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Alan (Kuscevic) e Viña; Emerson Santos, Zé Rafael, Rafael Veiga (Lucas Lima), Breno Lopes e Rony (Luiz Adriano); Willian (Gustavo Scarpa). Técnico: Abel Ferreira

Grêmio 1

Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Thaciano (Pinares), Matheus Henrique (Maicon), Alisson (Luiz Fernando), Pepê e Jean Pyerre; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi

Gol: Raphael Veiga (34/1T) e Diego Souza (42/2T)

Cartões amarelos: Breno Lopes, Lucas Lima e Marcos Rocha (Palmeiras); Kannemann (Grêmio)

Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Data e hora: 15/01, às 21h30min

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui