Foto: Reprodução

Para atender à determinação do Provimento nº 001/2021, da Corregedoria Geral da Justiça do Rio Grande do Sul (CGJ-RS), que regulamenta a acessibilidade para surdos e mudos nos serviços notariais e de registro do Estado, os cartórios gaúchos passarão a oferecer a partir do dia 1º de setembro de 2021, o Sistema de Intérprete de Libras.

O serviço será oferecido por meio da central de tradução simultânea ICOM Libras, que viabiliza a comunicação entre pessoas surdas e ouvintes, e que passa a integrar o atendimento presencial no cartório a um intérprete de Libras que estará disponível por vídeo-chamada.

A iniciativa é da Anoreg/RS (Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul) e do Fórum de Presidentes das entidades notariais e registrais gaúchas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui