Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Delegacia do Meio Ambiente do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil resgatou aves silvestres na manhã desta terça-feira em Canoas. Houve o cumprimento de quatro mandados judiciais de busca e apreensão em residências situadas nos bairros Guajuviras, Niterói e Rio Branco.

A ação foi deflagrada no âmbito de uma investigação sobre o cativeiro e o comércio ilegais de pássaros da fauna nativa. Em uma das casas, os policiais civis encontraram, por exemplo, exemplares das espécies trinca-ferro, canário da terra, azulão, coleirinho e cardeal, sem a devida procedência ou autorização para manutenção das aves.

Gaiolas foram recolhidas também no local. O proprietário desta moradia responderá a procedimento policial pelo crime previsto no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, com pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

A execução das ordens judiciais contou com o apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, a qual ficou responsável pelos animais apreendidos.
Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui