Lourdinha, milhares de abelhas sobreviveram depois de passarem 50 dias soterradas pelas cinzas do vulcão de La Palma, nas Ilhas Canárias, na Espanha. Maravilha… Como diz a crentaiada: Oh, glória!

Um estudo, Lourdinha, está alertando que o aquecimento global está alterando o crescimento de 77 espécies de pássaros na Amazônia. Mamma mia!

Adorei tua foto, Lourdinha no jardim: a oitava maravilha do mundo, amore. Vou mandar faz um poster lá na SystemLab.

O Tadeu Schmidt se despediu do Fantástico, Lourdinha. Ele vai para o BBB. Eu gostava da fina ironia dele. Com uma pitada de humor. E a Patrícia Abravanel continua sem sal e sem açúcar, no SBT. “Pelas carnes de gado”, como diz o nosso ditado popular, amada. Aliás, a carne de gado anda cara pra caramba, viu, minha querida.

Lourdinha, em Marte, o robô Perseverance, da Nasa, esteve numa cratera que já foi um lago há 3,7 bilhões de anos. Mamma mia!

Lourdinha: fiquei estarrecido com a situação dos índios Yanommamis. Garimpeiros ilegais estão arrasando suas terras em busca de ouro e cassiterita. Crianças yanomamis está com malárias e desnutridas. O Bozo queria dar cloroquina pra todo mundo, mas não envia cloroquina para salvar os índios contra a malária. É um descalabro. O Bozo mentia aqui e na ONU, agora ele foi mentir nos Emirados Árabes. As mentiras dele não têm fronteiras: misericórdia!

Lourdinha, vou convidar o Bozo para o Festival da Mentira de Nova Bréscia (RS), sabe. Pois é, Lourdinha, o descaramento de alguns (políticos, empresários e religiosos) é algo surrealista neste país.

Amore, venderam um quadro da pintora mexicana Frida Kahlo (1907-1954) por 192 milhões de reais (34,9 milhões de dólares). Uma beleza… Adoro Frida Kahlo, amore.

A confusão agora, Lourdinha, é com o Enem. Mamma mia!

Lourdinha, suspenderam os árbitros que não expulsaram o argentino que deu uma cotovelada no jogador da Seleção Brasileira no último jogo, amore. Ainda bem… foi uma coisa gritante, sabe: o jogador brasileiro levou 4 ou 5 pontos na boca. Afinal de contas, era futebol ou box? Misericórdia!

Nas Minhas Gerais, tem um “empresário” (ou picareta) vendendo combustível como se fosse cachaça. Não, não, não… o fim da picada, sabe.

A Clarinha está inquieta nesta noite, Lourdinha. Entra & sai e não sabe pra onde ir ou o que fazer. Sobe na mesa, senta no meu lugar na poltrona, sobe as escadas, come um pouco, tenta me morder, sobe na pia… parece que ela está prevendo alguma coisa, sabe. Espero que não seja alguma tragédia, minha santa. Penso nisso, amore, porque 3 dias antes do penúltimo terremotos na Indonésia, os elefantes e outros animais urraram e subiram as montanhas. Quem sabe minha Clarinha, minha rainha de Sabá, minha Cleópatra está aludindo ou tentando avisar algo. Misericórdia…

Lourdinha, nesta sexta-feira, dia 19, aconteceu o eclipse lunar mais longo dos últimos 580 anos. Ou seja, este fenômeno é mais antigo do que o Brasil, pois temos apenas 521 anos. E o próximo eclipse nesta modalidade só acontecerá em 2.669. Ave César!

Um beijo & um queijo, Lourdinha.

Dogival Duarte, escritor e poeta

Foto: Divulgação

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui