Com o objetivo de melhorar a identidade visual e criar novos rótulos para os produtos da Agroindústria Embutidos Thier, de Sinimbu, a Emater/RS-Ascar e Universidade de Santa Cruz do Sul, através de Termo de Cooperação Institucional, criaram e desenvolveram o novo designer dos rótulos da agroindústria, dentro de um contexto histórico e do trabalho da família Thier, que confere um material de grande qualidade visual junto ao consumidor final.
A nova arte foi entregue na última quarta-feira (02/09), e será usada para confecção dos rótulos da Agroindústria Embutidos Thier, localizada na Linha São João, no município de Sinimbu, que tem como proprietários Jardel e Janete Thier, que produzem em torno de 400 kg semanal de linguiça de carne resfriada, defumada e congelada.
Esse Termo de Cooperação Institucional visa ainda desenvolver a identidade visual para as agroindústrias familiares ligadas ao Arranjo Produtivo Local das Agroindústrias Familiares do Vale do Rio Pardo e a arte foi elaborada pelo curso de Comunicação da Unisc.
De acordo com Luís Fernando Marion, chefe do Escritório Municipal de Sinimbu, as atribuições que competem à da Emater/RS-Ascar se referem a identificar as agroindústrias familiares que têm interesse em participar do projeto, para posterior encaminhamento das demandas à Unisc, assessorando de forma técnica no processo de regularização, processamento, gerenciamento e boas práticas de fabricação e comercialização.
Segundo o gerente regional adjunto da Emater/RS de Soledade, Carlos Corrêa da Rosa, o firmamento do Termo de Cooperação com a Unisc é de fundamental importância, tendo em vista a reciprocidade na parceria institucional. “Nossa parceria só tem a gerar bons resultados ao público beneficiário, nesse caso, as agroindústrias familiares do Vale do Rio Pardo, que serão atendidas com a criação de artes para os rótulos dos seus produtos, tendo também a Assistência Técnica da Emater na elaboração de projetos e capacitação em boas práticas de produção e fabricação”, avalia.
“Em tempos de escassez de recursos financeiros às instituições, a melhor forma é a união de esforços para potencializar os resultados, com o objetivo de atender as demandas do nosso público, os agricultores familiares, responsáveis pela produção de alimentos e geração de empregos e renda à região”, conclui Rosa.
Além da arte dos novos rótulos, foi feita entrega do Certificado do Selo Sabor Gaúcho, emitido pela Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), que, além de oferecer segurança ao consumidor, identifica os produtos das agroindústrias familiares participantes do Programa Estadual de Agroindústrias Familiares (Peaf).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui