Foto: Nelson Almeida / AFP

O atacante Neymar afirmou que encara a Copa do Mundo de 2022 no Catar como a última de sua carreira porque não sabe se terá “condições mentais” para “aguentar mais futebol”, segundo entrevista à emissora DAZN divulgada neste domingo.

“Eu encaro como a minha última porque não sei se terei mais condições, de cabeça, de aguentar mais futebol”, disse em entrevista ao documentário “Neymar Jr, Dinastia de Reis”, disponível a partir deste domingo na plataforma DAZN.

“Então vou fazer de tudo para chegar muito bem, fazer de tudo para ganhar com meu país. Para realizar o meu sonho desde pequeno e espero poder conseguir”, acrescentou o o atacante do Paris Saint-Germain.

Na Copa do Mundo de 2026, organizada pelo Canadá, Estados Unidos e México, Neymar terá 34 anos.

Desde sua estreia na Seleção em 2010, Neymar conquistou a Copa das Confederações 2013, a medalha de ouro nos Jogos Rio-2016 e se tornou o segundo maior artilheiro da seleção brasileira, atrás apenas de Pelé. Jogou, com pouco brilho, nas Copas do Mundo Brasil-2014 e Rússia-2018.

Devido a uma lesão, ele não esteve em campo na histórica derrota por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais do Mundial no Brasil. Não participou da conquista da Copa América-2019 por conta de outra lesão e dois anos depois foi vice-campeão do torneio continental de seleções, após derrota para a Argentina, no Maracanã.

Com o PSG conquistou dez títulos, nenhum internacional, mas teve atuações irregulares em meio a lesões.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui