Com o contrato encerrado na última sexta-feira, 18, o Hospital de Campanha de Santa Cruz do Sul foi desativado. Entretanto, o Ambulatório de Campanha será mantido e funcionará em novo horário: das 7 às 21h.

A alteração foi analisada por técnicos da Secretaria de Saúde, tendo em vista que a procura por atendimento no local diminuiu em setembro. Hoje pela manhã, 21, militares do 7º Batalhão de Infantaria Blindado (7º BIB) recolheram as 50 camas dos leitos de baixa e média complexidade que foram emprestadas ao Hospital de Campanha pelo 7º BIB. As outras 10, da área de isolamento, são camas hospitalares. A Defesa Civil de Santa Cruz também buscou colchões e cobertores que havia emprestado.

Entre 1º e 17 agosto, foram registrados 1.001 atendimentos no Ambulatório de Campanha. Entre 1º e 17 de setembro, foram 526. Desde o dia 23 de março, quando iniciaram os atendimentos, foram mais de 5,7 mil pacientes. Não houve internação no Hospital de Campanha. O Município decidiu se antecipar (na época da instalação) e deixar o Hospital de Campanha pronto para o caso de superlotação de hospitais, mas, claro, o objetivo sempre foi não precisar utilizar aquele espaço. Foi uma medida preventiva que a Prefeitura tomou na época diante daquele cenário tão incerto que estávamos enfrentando.

A partir desta segunda-feira, 21, os telefones da Vigilância Epidemiológica (98444-9875 e 2109-9547) para dúvidas sobre sintomas de Covid-19 funcionarão somente no horário de expediente – das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui