Em formato online, a 1ª Jornada Pedagógica para os professores da rede municipal de ensino de Santa Cruz do Sul ocorreu na manhã desta segunda-feira, 22. Cerca de 800 educadores puderam acompanhar a palestra, que abordou o tema “A ética do cuidado na escola”, com a socióloga Lourdes Atié.

Na abertura da atividade, a prefeita Helena Hermany deixou sua mensagem de motivação a todos os educadores. “Meu agradecimento a todos os professores que se dedicam, que têm a resiliência de se adaptar à realidade em que vivemos, de fazer com que os alunos sofram o menos possível e que não seja tão penoso para eles”, salientou.

Helena ressaltou ainda que mencionou em reunião junto à Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp), para se priorizar os professores na vacinação contra a Covid-19. “Reconheço o valor de cada um de vocês.
E vou reiterar meu pedido para que os professores sejam imunizados, para que se sintam assim mais seguros em seu ambiente de trabalho”, reafirmou. Por fim, a prefeita ainda falou da importância do professor na vida das crianças. “Cada professor tem em suas mãos diamantes preciosos, que precisam ser lapidados. E os alunos têm em vocês, professores, como grandes heróis. Um bom ano a todos”, concluiu.

Na sequência, o secretário de Educação, João Miguel Wenzel, destacou o papel do professor em tempos de pandemia. “A partir deste momento, temos que ter flexibilidade mental. A pandemia nos mostra que temos que estar nos adaptando, sendo rápidos nas mudanças. Entendo que estamos todos cansados diante dessa realidade, mas aí entra a importância da tolerância, de termos paciência”, afirmou ele, que ainda salientou a importância da cooperação. “Vamos fazer uma construção coletiva, junto com a comunidade escolar, pais, alunos, e a Secretaria de Educação está junto com vocês nessa luta”, afirmou.

Para a professora Marinei Schmidt, da Escola Municipal Leonel Brizola, a palestra a deixou emocionada e motivada. “Ela falou o que a gente precisava ouvir, depois de um ano tão turbulento como o de 2020. Estou emocionada porque a palestrante nos trouxe a importância do reencantamento, de que precisamos nos reencantar em sala de aula com nossos alunos. Ela disse ainda que, apesar de não podermos voltar para a escola e abraçar nosso aluno, podemos demonstrar isso através do nosso olhar, do nosso carinho”, relatou Marinei, que complementou. “Esta palestra foi um presente para que eu possa me motivar neste ano letivo tão incerto”, avaliou.

A jornada terá continuidade no dia 1º de março, com a palestra da pedagoga Regina Shudo, que apresentará o tema “O encantamento pelo ato de educar”. No dia 2 será a vez da psicopedagoga Vanessa Freitas, que abordará “Inclusão: Ampliando e ressignificando o foco”. Nos dias 3 e 4, o master coach Jackes Heck falará sobre as perspectivas para o ensino híbrido.

O encerramento, agendado para o dia 5 de março, será com um bate-papo sobre “O Contexto atual da Educação em Regime de Colaboração”, com o secretário Municipal de Educação, João Miguel Wenzel; a diretora do Senac Santa Cruz do Sul, Daniela Roehs Laner; a coordenadora da UNCME-RS, Fabiane Bitello; e a promotora de Justiça Regional da Educação de Santa Cruz do Sul, Vanessa Saldanha de Vargas. A mediação ficará por conta da gerente do Sesc Santa Cruz do Sul, Roberta Pereira.

A Jornada Pedagógica é uma parceria entre a Prefeitura de Santa Cruz do Sul e o Sistema Fecomércio-RS/Sesc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Favor preencher seu nome aqui